Menu
Busca quarta, 15 de julho de 2020
(67) 99659-5905
CULTURA

Celebração de 40 anos de MS terá shows de Alceu Valença e Almir Sater

08 outubro 2017 - 10h30Por Da Redação

O Governo do Estado preparou uma série de shows musicais para comemorar os 40 anos de criação de Mato Grosso do Sul, celebrado em 11 de outubro.

Na próxima quarta (11.10) e quinta-feira (12.10), no Parque das Nações Indígenas, em Campo Grande, um coro de artistas se apresentará ao público.

Entre as atrações confirmadas estão o pernambucano Alceu Valença e o violeiro prata da casa Almir Sater.

Organizado pela Secretaria de Estado de Cultura e Cidadania (SECC), o evento reunirá apresentações musicais, exposições de artes plásticas, artesanatos e ações sociais. Para participar basta fazer a doação de um brinquedo, novo ou usado.

O material arrecadado será entregue em entidades sociais dos 79 municípios do Estado. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

PANDEMIA
Mais três municípios solicitam à Assembleia reconhecimento de estado de calamidade
BRASIL
AGU pede ao STF que União defina aplicação de recursos da Lava Jato
MATO GROSSO DO SUL
Saúde divulga novo mapa hospitalar de leitos para coronavírus
BRASIL
Diabetes afeta rotina familiar de 80% dos pacientes, diz pesquisa
CAMPO GRANDE
Mulher é multada por atear fogo em resíduos no quintal
BRASIL
Indenização para profissional da saúde afetado por covid-19 é aprovada
MS
MPT solicita inspeção em frigoríficos para verificar medidas sanitárias diante de pandemia
CORUMBÁ
Suspeito de matar dona de restaurante é preso em motel
ECONOMIA
Dólar fecha em queda após atingir R$ 5,45
RESSOCIALIZAÇÃO
Estado lidera ranking de políticas positivas voltadas a presas

Mais Lidas

DOURADOS
‘Deus no comando amem’: antes de crimes, atirador postou pregação religiosa
BARBÁRIE
Homem assassina ex, atira em crianças e se mata no altar de igreja em Dourados
DOURADOS
Atirador baleou criança de quatro anos na cabeça ao abrir fogo para matar ex-mulher
DOURADOS
Atirador chegou em igreja na hora da comunhão e entrou dizendo ter feito bobagem