sexta, 21 de janeiro de 2022
Dourados
38°max
23°min
Campo Grande
35°max
22°min
Três Lagoas
37°max
23°min
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397

Carreta colide com carro e existe risco de explosão na BR-163

08 setembro 2003 - 08h22

Um acidente envolvendo um carro de passeio e uma carreta levou duas viaturas do corpo de bombeiros para o distrito de Anhanduí, onde uma carreta carregada com combustível colidiu com um veículo de passeio. Primeiras informações dizem que existem vítimas, porém,com ferimentos leves.O receio, segundo a corporação é que “o maior perigo é o risco de explosão, já que derramou muito combustível na pista”. O acidente aconteceu na BR 163, poucos quilometros antes de Anhanduí.




Deixe seu Comentário

Leia Também

Inscrições para concurso do IBGE terminam nesta sexta-feira
PRAZO

Inscrições para concurso do IBGE terminam nesta sexta-feira

Contribuintes com débitos na AGEMS podem aderir ao Refis até dia 31
GERAL

Contribuintes com débitos na AGEMS podem aderir ao Refis até dia 31

ECONOMIA

Unigran contrata profissionais para diferentes áreas de atuação 

Central de Atendimento ao Cidadão retoma atendimento nesta sexta
DOURADOS

Central de Atendimento ao Cidadão retoma atendimento nesta sexta

Mãe do presidente Jair Bolsonaro morre aos 94 anos em São Paulo
REGISTRO

Mãe do presidente Jair Bolsonaro morre aos 94 anos em São Paulo

DOURADOS

Polícia apreende carga de contrabando e descaminho na MS-270

TEMPO

Sexta-feira de sol com aumento de nebulosidade em Dourados

SÃO GABRIEL

Motorista morto em acidente na BR-163 ficou preso sob o caminhão

GERAL

Vacinação infantil irregular terá consequências, diz ministro

Erradicação de plantações de maconha no Paraguai batem recorde 

Mais Lidas

REGIÃO

Jovem acusado de assassinar diretor de escola em 2012 troca tiros com a polícia e morre

REGIÃO

Trabalhador morre após sofrer descarga elétrica na BR-463

FRONTEIRA

Líder do PCC que tinha fugido de presídio do Brasil, é preso junto a comparsas no Paraguai

FRONTEIRA

Ostentação levou polícia até professor que faturava alto para guardar drogas