Menu
Busca quinta, 05 de agosto de 2021
(67) 99257-3397

Capital sedia Seminário sobre Tráfico de Seres Humanos

01 dezembro 2004 - 12h00

O Tráfico de Seres Humanos para fins de trabalho escravo e adoção ilegal, a exploração sexual comercial, a  Responsabilização e as Políticas Públicas na Erradicação do TSH  serão debatidos durante o I Seminário Internacional de Enfrentamento ao Tráfico de Seres Humanos do Mato Grosso do Sul que será realizado nos dias 2 e 3 de dezembro em Campo Grande.A promoção é do Comitê de Combate ao Tráfico de Seres Humanos de Mato Grosso do Sul composto por dez instituições, entre elas a Procuradoria Regional do Trabalho 24ª Região/MS, a Secretaria Estadual de Segurança Pública e Justiça, a Delegacia Regional do Trabalho e o IBISS - Instituto Brasileiro de Inovações pró-Sociedade Saudável Centro-Oeste.Entre os palestrantes estão o Procurador do Trabalho da PRT 24ªRegião/MS Cícero Rufino Pereira, membro do Comitê de Combate aoTSH/MS, Estela Scândola, gerente  executiva do IBISS-CO, Pedro Américo,  representante da OIT (Organização Internacional do Trabalho), Marina de Oliveira, coordenadora do Programa Global de Enfrentamento ao Tráfico de Seres Humanos, juízes, delegados e promotores de justiça.Além das palestras e debates, no final do evento serão formados grupos de trabalho para elaborar propostas prioritárias no combate ao Tráfico de Seres  Humanos e construção de compromissos em diversos temas como saúde, educação, trabalho e segurança pública.Representantes da Bolívia, do Paraguai, do Ministério das Relações Exteriores e dos cinco municípios do estado onde foram realizados seminários sobre o tema já confirmaram presença no Seminário. Psicólogos, assistentes sociais e operadores de direito também vão participar das discussões no auditório da OAB/MS.O tráfico de seres humanos acontece de diversas formas tanto no território brasileiro (municipal, estadual e regional) como recebendo e enviando pessoas para outros países.O crime é executado sempre em "rede" de pessoas e organizações cujas motivações mais conhecidas são: manutenção do mercado do sexo, turismo sexual, retirada de órgãos para comercialização, trabalho em condições similares á escravatura e servidão, adoção ilegal de crianças e rituais religiosos.O Seminário Internacional de Tráfico de Seres Humanos será realizado das 8 as 17 horas na OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), na Avenida Mato Grosso, 4.700. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAPITAL
Considerado extremamente violento, traficante é preso com arma
ECONOMIA
Bolsonaro anuncia que novo Bolsa Família se chamará "Auxílio Brasil"
Policial tem prisão preventiva decretada após destruir carro da namorada
REGIÃO
Prorrogadas inscrições de peritos para atuarem no Poder Judiciário de MS
Idoso é preso no Paraguai com arma de fogo e faca tipo adaga
NOVA INVESTIGAÇÃO
TCU decide abrir processo para apurar conduta de Pazuello na pandemia
Ambiental captura 1.337 animais silvestres no primeiro semestre de 2021
GERAL
Governo amplia número de vagas do último concurso da Agepen
Passageira dorme em ônibus e só descobre furto das malas na rodoviária
SELIC
Copom eleva juros básicos da economia para 5,25% ao ano

Mais Lidas

DOURADOS
Assessora vai à polícia e diz que foi ameaçada de morte por vereadora
DOURADOS
Flagrado com pistola, jovem é preso no Parque do Lago II
AMEAÇA
Mulher não aceita relacionamento do ex e ameaça a atual companheira dele de morte
DOURADOS
Casal é preso após transformar casa de homem que morreu por overdose em 'boca de fumo'