Menu
Busca sexta, 30 de julho de 2021
(67) 99257-3397

Capital já definiu abertura do comércioem dezembro

27 outubro 2004 - 15h09

O calendário de abertura do comércio em dezembro já foi estabelecido entre patrões e empregados. Reunidos esta semana para decidir a Convenção Coletiva de Trabalho, que elevou os salários dos comerciários em torno de 8% para vigorar a partir de primeiro de novembro, a direção dos sindicatos patronal e laboral estabeleceu datas e horários de abertura do setor.No comércio central: de segunda a sábado, do dia primeiro a 11, o horário de abertura será normal, ou seja, até às 18 horas; De segunda  a sábado, de 13 a 23 de dezembro, o comércio permanece aberto até às 22 horas e nos domingos 5, 12 e 19, a abertura será das 9 horas às 18 horas; No dia 24, a abertura será até às 18 horas e no dia 31, até às 16 horas.No Shopping Center Campo Grande, o trabalho será nos horários já praticados (até às 22 horas) à exceção do dia 24 que vai apenas até às 20 horas e no dia 31, até às 18 horas.O presidente do Sindicato dos Empregados no Comércio de Campo Grande, Idelmar da Mota Lima explicou, em entrevista coletiva esta manhã, que a medida deverá safisfazer os dois lados. Ele informou também que para o ano que vem a entidade não negociou o trabalho nos feriados. As empresas que resolverem abrir deverão negociar com o sindicato dos trabalhadores, que por sua vez vai consultar os empregados para saber da vontade ou não de trabalhar.Idelmar explicou que essa decisão foi tomada porque muitos emprsários acabaram não cumprindo acordos firmados com os empregados de pagamentos e condições especiais no trabalho nos feriados em 2004. “Não podemos permitir que nossa categoria seja prejudicada pela ganância de alguns maus empresários existentes em Campo Grande, que não têm escrúpulos de explorar seus empregados sem remuneração”, justificou Idelmar. A Convenção Coletiva de Trabalho que entra em vigor a partir da próxima segunda-feira (1º) estabelece também os seguintes salários para as respectivas categorias: R$ 425,00 para os empregados em geral do comércio; R$ 440,00 para os caixas; R$ 485,00 para os comissionados (garantia mínima); R$ 395,00 para os auxiliares de comércio e R$ 335,00 para os officie boy e serviços gerais.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Prefeitura pagará R$ 1,3 milhão por leitos de UTI utilizados por pacientes com Covid
DOURADOS
Prefeitura pagará R$ 1,3 milhão por leitos de UTI utilizados por pacientes com Covid
LOTERIA
Mega-Sena pode pagar prêmio de R$ 38 milhões amanhã
'Free fire', café e coberta; jovens se viram como pode na fila do 'rolezinho da vacina'
DOURADOS
'Free fire', café e coberta; jovens se viram como pode na fila do 'rolezinho da vacina'
MS se aproxima de 2,3 milhões de doses de vacina aplicadas contra o coronavírus
PANDEMIA
MS se aproxima de 2,3 milhões de doses de vacina aplicadas contra o coronavírus
Frio que castigou douradense nesta semana foi mais intenso desde 2013
TEMPERATURA MÍNIMA
Frio que castigou douradense nesta semana foi mais intenso desde 2013
DOURADOS
Licitação do tapa-buracos tem reviravolta com recurso de empresa
CALENDÁRIO
ACED abre inscrições para o Concurso de Fotografia na segunda
JOGOS DE TÓQUIO
Evandro e Bruno Schmidt vencem e seguem invictos
COMER BEM
Caderno "Comer Bem" gera visibilidade e lucro ao seu negócio
REGIÃO
Mulher denuncia pai por agressão e entrega comércio ilegal de munições

Mais Lidas

ACIDENTE DOMÉSTICO
Após discussão com entregador jovem acaba ferido
PEDRO JUAN
'Justiceiros' voltam a atacar na fronteira e matam adolescente
DOURADOS
Motorista que fugiu após atropelar motociclista no centro não possuía CNH
CLIMA
Dourados bate recorde de frio no ano com geada forte