Menu
Busca segunda, 20 de setembro de 2021
(67) 99257-3397
ELEIÇÕES 2014

Mais de 1/3 dos candidatos douradenses sofreram impugnação, aponta TRE/MS

16 julho 2014 - 06h26

Mais de 1/3 dos candidatos douradenses às vagas de deputado federal ou estadual sofreram algum tipo de impugnação, segundo divulgado pelo TRE/MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul). Dos 26 que entregaram o registro de candidatura, 10 possuem algum tipo de irregularidade.

Dos nove postulantes à Câmara Federal, dois tiveram o pedido impugnado e agora correm contra o tempo para normatizar a situação. Edilson Moreira de Alencar (PDT) e Marco Antônio Camargo Vitor, ou ‘Bispo Marcos Vitor’ (PRB), foram citados pelo Tribunal.

O primeiro faz parte da coligação MS com a Força de Todos, que tem como candidato ao governo, o senador Delcídio do Amaral (PT). O pedido foi feito pela coligação MS Cada vez Melhor, do ex-prefeito de Campo Grande e candidato ao Executivo, Nelson Trad Filho (PMDB).

Já Marcos Vitor foi notificado pelo órgão para que apresente documento que comprove a sua filiação partidária.

ENTRE OS ESTADUAIS

Entre os 17 candidatos à Assembleia Legislativa por Dourados, oito deles possuem algum tipo de irregularidade junto ao Tribunal Regional Eleitoral.

João Batista dos Santos, o João Grandão e José Laerte Tetila, ambos do PT, tiveram a impugnação pedida pela coligação MS Cada vez Melhor III e tem até sete dias – a contar de 13 de julho – para apresentar contestação junto ao órgão.

A coligação citada também pediu a impugnação do policial rodoviário federal Marcos Troquez (PSDC) e o radialista Izomar Galeano (PP).

Já José Tibiriçá Martins (PSD) e o vereador Alberto Alves dos Santos, o Bebeto, (PDT), tiveram relatadas a falta de alguns documentos no momento do registro de candidatura. O mesmo acontece com o médico Mario Eduardo Rocha (PC do B), que teve alegada dupla filiação partidária.

Por fim, Valdenir Machado (PSDB), teve o registro de impugnação de candidatura apresentado pela coligação MS com a Força de Todos, do candidato ao governo, o senador Delcídio do Amaral.

JUSTIÇA ELEITORAL

Segundo o TRE/MS, ao todo foram encaminhados mais de 162 pedidos de impugnação de candidatos em todo o Estado. Deste total, 89 foram oferecidas pelo MPE (Ministério Público Eleitoral), sendo as demais protocoladas por candidatos, partidos e coligações.

Foram contabilizados 568 pedidos de registro de candidatura, sendo seis para governador e vice, seis para senador e seus respectivos suplentes, 411 para deputado estadual e 127 para deputado federal.
O processo eleitoral deste ano será realizado no dia 5 de outubro e além dos cargos apresentados, o eleitor deverá escolher também o presidente da República.


Deixe seu Comentário

Leia Também

Jovem denuncia assalto e polícia apreende moto usada no crime
DOURADOS
Jovem denuncia assalto e polícia apreende moto usada no crime
Polícia apreende mais de R$ 4 milhões em cocaína pura durante abordagem
BR-267
Polícia apreende mais de R$ 4 milhões em cocaína pura durante abordagem
Douradenses com duas doses de vacina contra Covid-19 somam quase 100 mil
IMUNIZAÇÃO
Douradenses com duas doses de vacina contra Covid-19 somam quase 100 mil
Homem tem casa furtada no Jardim Guaicurus
POLÍCIA
Homem tem casa furtada no Jardim Guaicurus
FUTEBOL
Cuiabá e Fluminense encerram a 21ª rodada do Brasileirão hoje
IPÊ ROXO
GM aborda grupo e apreende adolescente com droga e jovem por receptação
AJUDA
Trabalhadores nascidos em dezembro podem sacar auxílio emergencial
DOURADOS
Estado licitará asfalto para ruas do Jóquei Clube e Vila Vargas
DOURADOS 
Vacinação continua nesta segunda com D2 e D3 em duas UBS's e no CCI 
SITIOCA CAMPINA VERDE
Caseiro é assassinado com golpe de faca em Dourados

Mais Lidas

'AMIGÃO'
Bêbado bate carro e deixa amigo ferido em canteiro
EVENTO CLANDESTINO
PM encerra festa com pelo menos 2 mil pessoas em Dourados
POLO INDUSTRIAL
Expansão industrial impulsiona investimentos logísticos em Dourados
LOTERIA
Douradense fatura R$ 31 mil ao acertar na quina