Menu
Busca domingo, 09 de maio de 2021
(67) 99257-3397

Candidatos não poderão ser presos a partir do dia 18

11 setembro 2004 - 12h04

Faltam 22 dias para o primeiro turno das eleições municipais. A partir do próximo sábado, dia 18 de setembro,  nenhum candidato poderá ser detido ou preso, salvo no caso de flagrante delito, segundo determina o Código Eleitoral. O dia 18 é marcado também por ser o último dia em que a Justiça Eleitoral poderá requisitar funcionários e instalações destinados aos serviços de transporte e alimentação de eleitores no primeiro e eventual segundo turnos de votação. A legislação permite que apenas a Justiça Eleitoral faça o transporte gratuito de eleitores, o que geralmente ocorre em regiões rurais e nos municípios mais isolados, como na Amazônia, por exemplo. Entre os principais prazos encontra-se o do dia 23 de setembro, em que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) deverá ter julgado todos os recursos sobre pedidos de registros e publicado as respectivas decisões. Para atender ao calendário, o Tribunal tem realizado sessões diárias de julgamento, com possibilidade inclusive de sessões nos finais de semana. Outra data importante é a do dia 28 de setembro, quando se encerra o prazo para que partidos e coligações indiquem aos juízes eleitorais representantes para o Comitê Interpartidário de Fiscalização, além dos nomes das pessoas autorizadas a expedir as credenciais para fiscais e delegados. A partir deste mesmo dia e até 48 horas depois da eleição, nenhum eleitor poderá ser preso ou detido, salvo em flagrante delito, ou em virtude de sentença criminal condenatória por crime inafiançável. O dia 30 de setembro é de vital importância, principalmente para os candidatos, pois nesta data termina a propaganda eleitoral gratuita no rádio e na televisão. É o último dia, também, para propaganda política mediante comícios ou reuniões públicas, além de ser a última oportunidade para as emissoras de televisão e rádio realizarem debates com os candidatos. A propaganda de rua, no entanto, ainda pode ser realizada por mais dois dias, pois se encerra na véspera da votação (2 de outubro) a campanha por meio de alto-falantes e amplificadores de som ou para a promoção de carreata e para distribuição de material de propaganda política, inclusive volantes e outros impressos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

INVESTIGAÇÃO
Mulher foge ao ser flagrada com cocaína em Dourados
Com mais duas mortes, Dourados chega a 445 óbitos por coronavírus
PANDEMIA
Com mais duas mortes, Dourados chega a 445 óbitos por coronavírus
DOURADOS
Casal é preso após ser flagrado com drogas para interno
Após disparo, jovem é encontrado com ferimento na cabeça e morre no hospital
IVINHEMA
Após disparo, jovem é encontrado com ferimento na cabeça e morre no hospital
POLÍTICA
Bolsonaro faz passeio de moto em homenagem ao Dia das Mães
POLÍCIA
Homem é assaltado enquanto dormia em caminhão
CULTURA
Museu da Imagem e do Som abre para visitação instalação lúdica
TRÁFICO DE DROGAS
Jovem é presa com 60 cápsulas de cocaína na penitenciária de Dourados
Mega-Sena acumula e próximo concurso deve pagar R$ 27 milhões
DOURADOS
Comércio na área central tem telhado estourado e pertences furtados

Mais Lidas

DOURADOS
Adolescentes flagrados em festa 'entregam' distribuidora que vendeu bebidas alcoólicas
BR-163
Colisão entre viatura e carreta termina com policial ferido
ACIDENTE
PRF diz que policial saiu andando de viatura após colisão com carreta
BR-163
Viatura da PRF estava com apenas um ocupante quando colidiu contra carreta