Menu
Busca terça, 20 de outubro de 2020
(67) 99659-5905
MS

Candidato a presidência do Crea-MS fala de ações para valorização do profissional

Candidato a presidência do Crea-MS fala de ações para valorização do profissional

30 novembro 2017 - 17h20Por Gizele Almeida

Na tarde desta quinta-feira (30), o engenheiro ambiental Rodrigo Costa, candidato a presidência do Crea – MS (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Mato Grosso do Sul), visitou o Dourados News e falou sobre as diretrizes de sua campanha.


Ele afirmou que seu nome foi colocado a disposição após ampla discussão sobre “o que os profissionais que estão no mercado gostariam do conselho”.


Como pilares, ele destaca: a valorização do profissional, diálogo com a sociedade e transparência às ações do Crea.


Dentro dessas diretrizes, Rodrigo destaca no planejamento estratégico: elaboração de planejamento em parceria com o poder público, setor empresarial, instituições de ensino e sociedade civil; ampliação da visibilidade do conselho junto às mídias, implantar novo horário de atendimento.


Para ele, uma atuação mais focada em orientação à sociedade, é necessária.

“O conselho tem a função de fiscalizar o exercício das profissões para proteger a sociedade. Mostrar a importância dos profissionais qualificados nos diversos segmentos como o desenvolvimento de uma obra, é direcionar uma atuação voltada não só “punitiva” mas orientativa”, comenta.


Um ponto enfatizado pelo candidato, é ‘levantar a bandeira’ pelo piso salarial das diversas categoriais as quais o Crea engloba.


“Luta pelo piso e valorização do profissional dentro do setor público, entendemos que é uma briga do Crea que pode entrar junto com os sindicatos por estas buscas”, diz.


Costa afirma que a integração dos universitários e novos profissionais precisa ser reforçada. Neste ponto, ele conta que muitos acadêmicos desconhecem o trabalho da instituição.

“Uma dificuldade é que os acadêmicos, quando se formam, a maioria não entende a função do Crea e o primeiro contato é na hora de tirar a carteirinha e depois ficam perdido no mercado de trabalho. Então, a ideia é ampliar o Crea Junior que já existe e mostrar aos universitários em como o Crea pode auxiliá-lo depois de formado, montar também um balcão de empregos, integrá-los com empresas e com os profissionais mais antigos também”, comenta”, pontua.


A sanção do Projeto de Lei Complementar (PLC) 13/2013  que caracteriza como essenciais e exclusivas do Estado as tividades exercidas por engenheiros, arquitetos e engenheiros agrônomos no serviço público federal é outra ‘bandeira’ citada por Costa.

A eleição do Crea-MS ocorre no dia 15 de dezembro. Serão 17 urnas em todo o Mato Grosso do Sul. Em Dourados a votação ocorre na inspetoria local. O endereço é: Av. Guaicurus, 60. Vila Alvorada.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
Diretor da Inova Unigran concorre ao prêmio Startup Awards 2K20 e está entre os dez maiores mentores e heróis do Brasil
REGIÃO
Dupla é presa ao transportar droga em “mocó” de caminhonete
ELEIÇÕES 2020
Justiça eleitoral defere o sexto registro de candidato à prefeitura de Dourados
POLÍTICA
Não investir no Brasil será um grande erro, afirma ministro
REGIÃO
Com suspeita de contágio de Covid-19 em massa, frigorífico deverá fazer testagem em funcionários
REGIÃO
Gados furtados são recuperados pela polícia e mulher é presa por receptação
DOURADOS
Motorista bêbado causa acidente em semáforo da Avenida Marcelino Pires
INOVAÇÃO
Detran-MS vai disponibilizar equipamentos de auto-atendimento em Dourados
ECONOMIA
Brasil e banco americano assinam acordo de US$ 1 bi em investimentos
SENADO
Senador Chico Rodrigues retifica pedido de licença de 90 para 121 dias

Mais Lidas

IDENTIFICADO
Vítima encontrada sem vida em bairro de Dourados tinha 17 anos
ACIDENTE
Criança de 3 anos se afoga em piscina de clube e socorristas tentam reanimação
DOURADOS
Homem é encontrado morto em frente residência no Parque das Nações I
ACIDENTE
Identificadas vítimas de capotamento na BR-267