terça, 23 de abril de 2024
Dourados
32ºC
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397

Câmara federal vota hoje destaques da reforma tributária

10 setembro 2003 - 06h39

A votação dos destaques e emendas à reforma tributária vai ser realizada hoje pela manhã na Câmara dos Deputados. Ontem, o presidente da Câmara, João Paulo Cunha (PT-SP), resolveu adiar a decisão sobre as alterações no texto. João Paulo encerrou a sessão do Plenário para votar a proposta. Ele convocou sessão extraordinária a fim de iniciar o processo de votação dos destaques e emendas. João Paulo explicou que o adiamento é para que o governo possa fechar um acordo com os partidos da oposição, a fim de agilizar a conclusão da votação da reforma tributária. Conforme o presidente da Câmara, o governo já aceitou diversas reivindicações apresentadas pelo PSDB e plo PFL, mas falta ainda acatar outros pleitos, principalmente do PFL. Otimista, ele acredita no acordo para que seja elaborada uma emenda aglutinativa englobando os pleitos da oposição, que o governo venha a aceitar. O líder do PFL, deputado José Carlos Aleluia (BA), disse que aguarda uma posição do governo em relação as propostas do PFL para que seja selado um acordo que viabilize a votação das emendas e destaques. João Paulo Cunha disse que o relator do texto, deputado Virgílio Guimarães (PT-MG), elaborou uma emenda aglutinativa com mudanças ao texto básico aprovado na semana passada, mas PFL e PSDB fizeram uma contraproposta ao não verem todos os seus pedidos atendidos. O governo insiste no acordo com os dois partidos para reduzir o número de emendas a serem votadas e, dessa forma, agilizar a conclusão do primeiro turno da reforma na Câmara - são 44 as emendas apresentadas e oito destaques. Com pressa, o governo gostaria que a Câmara realizasse o segundo turno de votação já na próxima semana, mas é necessário um intervalo de cinco sessões entre a conclusão do primeiro turno e a segunda rodada. "O governo cedeu na medida certa. Se fosse em excesso, a reforma estaria desfigurada", explicou o vice-líder do governo, Vicente Cascione (PTB-SP).  

Deixe seu Comentário

Leia Também

PROJETO DE LEI

Redução de IR para motoristas de táxi e aplicativos é aprovada pela Comissão

Cerca de 7,5 milhões de passageiros voaram pelo país em março, segundo a Anac
MOVIMENTAÇÃO AÉREA

Cerca de 7,5 milhões de passageiros voaram pelo país em março, segundo a Anac

Receita Federal abre consulta a novo lote residual do Imposto de Renda
ECONOMIA

Receita Federal abre consulta a novo lote residual do Imposto de Renda

MEDIDA

CAE aprova tarifa social de água e esgoto para famílias de baixa renda

Pagamento da 2ª parcela do Pé-de-Meia começa em 25/4
BENEFÍCIO

Pagamento da 2ª parcela do Pé-de-Meia começa em 25/4

DOURADOS

Programa Fila Zero faz um ano com 721 cirurgias de catarata realizadas

SAÚDE

Rede hospitalar da Cassems realiza primeiro encontro de Integração Médica em Dourados

POLÍCIA

Homem é preso por tentativa de homicídio em Campo Grande

INFRAESTRUTURA

Governo licita mais de R$ 21,8 milhões para obras em vias urbanas e rodovias de MS

COXIM

Menina foi estuprada por homens ao ser atraída com valores de R$ 30 e R$ 50

Mais Lidas

DOURADOS

Concurso "Miss e Mister Indígena" acontece no próximo sábado na Jaguapiru

TRÁFICO

Dois são presos saindo de Dourados com drogas que seriam entregues no Sul do país

FUTEBOL

Sem o título, Dourados perde ainda duas vagas para competições nacionais

PORTARIA

Policial preso acusado por violência doméstica em MS é demitido da PRF