Menu
Busca sexta, 05 de março de 2021
(67) 99257-3397

Caixa ultrapassa contratação habitacional de 2008

18 agosto 2009 - 15h44

A Caixa Econômica Federal bateu, em agosto, recorde histórico de contratação habitacional no Mato Grosso do Sul utilizando recursos da poupança, superando todo o volume emprestado em 2008. Até o dia 12, os créditos já somam R$ 141,06 milhões, ante os R$ 137,94 milhões realizados durante todo o ano passado. Em comparação com o mesmo período do ano passado, o crescimento foi de 206% (R$ 68,17 milhões).



Os financiamentos que utilizam recursos do FGTS também foram recordes no Estado totalizando R$ 114,17 milhões, chegando a 86,68% do saldo aplicado durante o ano de 2008 (R$ 131,71 milhões). O investimento total da CAIXA no setor da construção civil no Mato Grosso do Sul ultrapassou os R$ 258 milhões, garantiu a geração de mais de 24 mil empregos, atendeu 4.707 famílias, e beneficiou cerca de 19 mil pessoas.



“Se considerarmos todos os contratos assinados no Mato Grosso do Sul em 2009, e dividirmos pelo número de dias úteis, significa dizer que estamos realizando o sonho da casa própria para 30 famílias todos os dias”, destaca o superintendente regional, Paulo Antunes. Até o fim do ano, a CAIXA espera emprestar mais de R$ 39 bilhões em todo o Brasil, superando todas as expectativas do setor no início de 2009.



O bom momento do setor também influenciou as contratações realizadas dentro do Programa “Minha Casa, Minha Vida” lançado no dia 13 de abril. Em quatro meses, a CAIXA já recebeu 1.312 propostas, o que corresponde a 255 mil moradias. Do total de propostas recebidas, 494 já estão com a análise concluída e representa 90 mil unidades. A instituição contratou 204 empreendimentos, que beneficiarão 32.207 famílias em todo país, no valor total de R$ 2,04 bilhões.



NÚMEROS NACIONAIS



Somente nos seis primeiros meses do ano, os empréstimos concedidos chegaram a R$ 17,4 bilhões, o que corresponde a 351 mil unidades e aumento de 90% frente igual período do ano passado. O saldo da carteira habitacional atingiu R$ 55 bilhões ao final do primeiro semestre, valor 71,2% maior que aquele observado no mesmo período do ano anterior.



Uma das mais importantes fontes de financiamento habitacional, as linhas que utilizam recursos do FGTS tiveram contratos no valor de R$ 7,7 bilhões, incluindo os subsídios, o que representa um crescimento de 44,2% em relação ao mesmo período de 2008, beneficiando mais de 500 mil pessoas, especialmente as de menor renda.



As operações de saneamento e infraestrutura no semestre aumentaram 58,1% em relação ao mesmo período de 2008, alcançando saldo de R$ 6,8 bilhões. As liberações registraram o valor de quase R$ 4 bilhões, com destaque para as contratações com recursos do BNDES, de R$ 3,2 bilhões.



Deixe seu Comentário

Leia Também

Jovem morre ao ser atingido por raio quando trabalhava em fazenda
PARAÍSO DAS ÁGUAS
Jovem morre ao ser atingido por raio quando trabalhava em fazenda
POLÍTICA
Secretário da prefeitura de Dourados vai à Brasília destravar projetos e obras
TRÊS LAGOAS
Vizinhos ouvem tiro, denunciam e mulher é encontrada ferida em residência
FUTEBOL
STJD indefere pedido do Vasco para anulação de jogo com o Inter
PMA realiza campanha educativa sobre atropelamentos de animais silvestres 
CORUMBÁ
PMA realiza campanha educativa sobre atropelamentos de animais silvestres 
JUSTIÇA
Weintraub é condenado por dizer que universidades cultivam maconha
PARAGUAI
Polícia acha explosivos e descobre 'tentativa de fuga em massa' de presídio
EDUCAÇÃO
Lista de espera do Prouni está disponível para consulta
TRÁFICO
Traficantes de cocaína construíam carretas para levar drogas para São Paulo
ÁPICE DA TRAGÉDIA
'Chega de mimimi. Vão ficar chorando até quando?', diz Bolsonaro

Mais Lidas

DOURADOS 
Vídeo mostra momento da colisão entre veículos em Dourados
PONTA PORÃ
Casal é assassinado na fronteira e corpos são deixados um ao lado do outro
NOVA DOURADOS
Colisão entre veículos deixa pessoa gravemente ferida em Dourados
PANDEMIA 
Secretário alerta para nova variante do coronavírus na região da Grande Dourados