Menu
Busca sábado, 15 de maio de 2021
(67) 99257-3397

Caixa leva projeto Heróis do Atletismo a estudantes

02 setembro 2004 - 14h08

Oitenta alunos de duas escolas municipais de Realengo e Jacarepaguá, na zona oeste do Rio, tiveram hoje uma programação diferente. Elas assistiram, no Estádio de Atletismo Célio de Barros, no Maracanã, zona norte da cidade, a uma palestra do atleta olímpico e fisioterapeuta Arnaldo de Oliveira. Depois, participaram de uma corrida de 60 metros e todas ganharam medalhas. As atividades fizeram parte do Projeto Heróis do Atletismo, criado pela Caixa Econômica Federal. A intenção é aproximar jovens de comunidades carentes de grandes atletas. Na palestra, Arnaldo contou a própria história e mostrou que as dificuldades não impedem uma pessoa de conquistar vitórias. O atleta disse aos alunos que morava em Oswaldo Cruz, subúrbio do Rio, e para treinar, muitas vezes precisava pegar carona nos ônibus. Quando começou, não tinha nem o tênis para a prática do esporte. “Não me alimentava bem e às vezes tinha dor de cabeça nos treinos”. Arnaldo afirmou que foi com as conquistas no esporte que teve oportunidade de ganhar bolsas de estudo e assim pôde se formar em Educação Física e Fisioterapia. Lembrou, emocionado, as participações nas Olimpíadas de Los Angeles em 84, Seul em 88, Barcelona em 92 e Atlanta em 96. Somente na última ele conseguiu receber uma medalha. O atleta chamou a atenção dos jovens para o fato de que essa é uma prova em que é preciso ter persistência. “O meu orgulho é ter conquistado tudo sem ter me drogado. Nunca tomei anabolizantes”, disse Arnaldo, que aconselhou os jovens a se afastarem de más influências. O aluno Bruno Gonçalves Barreto, de 15 anos, que mora em Realengo, gostou do que ouviu. Ele também enfrentou dificuldades e com a informação de um amigo vizinho começou a fazer atletismo em um quartel da Polícia Militar em Sulacap. Há um ano, Bruno teve que parar. Precisou fazer uma cirurgia e agora, que começa a se recuperar, está pensando em voltar ao atletismo . “Sou do nível dele também. Vou tentar me superar e voltar para o esporte. É saudável. Todo que você pensar de bom, tem no esporte”, disse o aluno cuja meta é participar de uma Olimpíada. O projeto Heróis do Atletismo foi criado pela Caixa Econômica Federal com o objetivo de despertar o interesse dos alunos pela prática do esporte. A Caixa é patrocinadora oficial da modalidade. Os atletas olímpicos Robson Caetano, Joaquim Cruz e Nelson Prudêncio também participam do projeto.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

Juscelino Cabral fala sobre audiência que discutiu segurança no trânsito de Dourados
TV DOURADOS NEWS
Juscelino Cabral fala sobre audiência que discutiu segurança no trânsito de Dourados
CAPITAL
Homem morre após bater motocicleta na traseira de caminhonete
Dourados vai receber recursos para ampliação de esgotamento sanitário
SAÚDE
Dourados vai receber recursos para ampliação de esgotamento sanitário
BATAGUASSU
Ex-marido descarrega revólver contra mulher que fica em estado grave
EDUCAÇÃO
Professores desenvolvem projeto que busca integrar Escola e Universidade
Jovem de 21 anos é autuada por incêndio em vegetação e resíduos
SAÚDE
Anvisa autoriza produto à base de cannabis em projeto com a Fiocruz
POLÍCIA
Suspeito de assassinar artista plástica em Campo Grande é morto pela polícia
Governo libera R$ 2,61 bilhões para as universidades federais
AQUIDAUANA
Quadrilha especializada em abigeato é presa enquanto dividia carcaça de vaca

Mais Lidas

CORONAVÍRUS
Murilo Zauith passa por reabilitação e segue internado em SP
TRÁFICO DE DROGAS
Chefe do 'Comando Vermelho' e foragido há seis meses é preso em Dourados
DOURADOS
Criança encontrada morta apresentou problemas estomacais uma semana antes
CACHOEIRINHA
Polícia fecha ponto de distribuição de drogas e prende abastecedor