Menu
Busca terça, 02 de junho de 2020
(67) 99659-5905

Caçada a pistoleiros teve até senador em Pedro Juan no Paraguai

23 dezembro 2009 - 13h08

Em busca dos supostos pistoleiros que teriam cometido o atentado contra o chefe do Departamento de Trânsito da Prefeitura de Pedro Juan Caballero, cidade paraguaia que faz fronteira com Ponta Porã, Ramón Cantalupi, equipes policiais e até políticos do país vizinho passaram o dia inteiro ontem tentando prender alguém com ligação à tentativa de homicídio.
Eles estavam com mandato de busca e através de uma denúncia chegaram até uma casa, onde, segundo informações do site Capitan Bado.com, foram recebidos à bala. Contornada a situação, os atiradores teriam se rendido.
A “força-tarefa” conseguiu deter Francisco Aparecido Segovia, que meses antes teria tentado seguir o prefeito de Pedro Juan Caballero, José Carlos Acevedo.
Foram apreendidos ainda um fuzil calibre 7.65, várias munições , dois carregadores de pistola 9 mm, um silenciador, 500 dólares, duas motocicletas tipo Titán, aproximadamente 170 kg de maconha e uma pistola calibre 9 mm.
Outras duas pessoas (Luís Fernando López Villalba e Diego Sartorio), também são acusadas de envolvimento no crime. O site Capitán Bado .com informou ainda que o senador paraguaio Robert Acevedo (irmão do prefeito de Pedro Juan) teria agredido um dos suspeitos presos (foto). As investigações continuam e Cantaluppi segue internado.
O crime
Cantaluppi foi metralhado ao chegar em sua casa no último dia 21 por volta das 14h. Ele descia do veículo VW/Parati, de cor cinza, com placas DDL780, do Paraguai, quando dois homens apareceram em uma motocicleta Honda/Titan, de cor preta e disparam 17 vezes com uma pistola calibre 9 milímetros contra o chefe de trânsito, que levou nove tiros.
Ele foi socorrido por populares e permanece internado na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do Hospital Viva Vida, em Pedro Juan Caballero.

Deixe seu Comentário

Leia Também

COSTA RICA
Em reconstituição, ex assume morte de casal, mas alega legítima defesa
QUARENTENA
Moro não poderá advogar por 6 meses e receberá salário de ministro
ECONOMIA
Prazo de pagamento da inscrição no Enem é prorrogado para o dia 10
RIO PIQUIRI
Corpo de adolescente que saiu para pescar sozinho é encontrado em rio
AVANÇO DA PANDEMIA
Brasil registra 1.262 mortes por Covid-19 em 24 horas e chega a 31.199
IVINHEMA
Mulher é suspeita de forçar filha de 6 anos a participar de sessões de estupro
JUSTIÇA
Empresa de telefonia é condenada em R$ 10 mil por cancelamento de linha
DOURADOS
Na cidade com mais casos de Covid-19, quatro pessoas estão internadas em leitos públicos
CORONAVIDAS HUB/DOURADOS
Grupo entrega protetores faciais para atender profissionais da saúde e de áreas de risco
FLAGRA
Ladrão é espancado e amarrado por populares em bairro de Ponta Porã

Mais Lidas

DOURADOS
HU emite nota de esclarecimento sobre atendimento de mulher que morreu com Covid-19
PANDEMIA
Com mais 27 casos, Dourados ultrapassa 300 confirmações de coronavírus
PANDEMIA
Dourados registra mais 19 casos de coronavírus em 24 horas
6ª VARA CÍVEL
Empresário vai à Justiça contra toque de recolher em Dourados