Menu
Busca segunda, 06 de julho de 2020
(67) 99659-5905
ECONOMIA

Valor do seguro-desemprego é corrigido; parcelas vão até R$ 1,8 mil

16 janeiro 2020 - 18h50Por G1

O valor máximo das parcelas do seguro-desemprego passou a ser de R$ 1.813,03 desde o último dia 11 de janeiro. O benefício máximo aumentou em R$ 77,74 em relação ao valor antigo (R$ 1.735,29) e será pago aos trabalhadores com salário médio acima de R$ 2.666,29.

Os novos valores do seguro-desemprego estão valendo desde a divulgação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) de 2019 na semana passada, que ficou em 4,48%.

Os valores valem para os benefícios que ainda serão requeridos e também para os que já foram liberados – nesse caso, serão corrigidas as parcelas que faltam e que forem emitidas a partir da entrada em vigor do reajuste.

O valor recebido pelo trabalhador demitido depende da média salarial dos últimos três meses anteriores à demissão. No entanto, o valor da parcela não pode ser inferior ao salário mínimo vigente (R$ 1.039). 

Deixe seu Comentário

Leia Também

CÂMARA DOS DEPUTADOS
Propostas alteram regras para eleições municipais deste ano
JUSTIÇA
Médicos de Dourados são absolvidos em processo de acusação por negligência
DOURADOS
Prefeita pode trocar secretária de Saúde em meio a pandemia
CAMPO GRANDE
Aumento de casos faz Saúde dobrar testes rápidos na Capital
BRASIL
Multas à Vale pelo rompimento de Brumadinho serão aplicadas em obras
DOURADOS
Egressa de Arquitetura e Urbanismo da Unigran publica artigo em renomada revista da área
MEIO AMBIENTE
Usina é multada em quase R$ 300 mil por incêndio em lavoura
BRASIL
Produção de veículos tem queda de 50,5% no 1º semestre, afirma Associação
CRIME AMBIENTAL
Proprietário é multado em R$ 70 mil por degradação de área protegida
MATO GROSSO DO SUL
Desrespeito ao isolamento continua favorecendo a Covid, afirma Saúde

Mais Lidas

POLÍCIA
Assassinado no Izidro é secretário de Agricultura Familiar de Dourados
DOURADOS
Ex-funcionário é o suspeito de matar secretário de Agricultura
DOURADOS
Antes do crime, homem que matou secretário havia sido demitido por não usar máscara
DOURADOS
“Um amigo, um conselheiro”, diz Délia após assassinato de secretário