Menu
Busca quarta, 21 de outubro de 2020
(67) 99659-5905
EDUCAÇÃO ESCOLAR INDÍGENA

Única federal do país com faculdade indígena, UFGD participa de Fórum no DF

16 outubro 2017 - 10h36Por Da Redação

Mais de 50 povos indígenas de pelo menos 10 estados brasileiros se reúnem essa semana, no Distrito Federal, para participarem III Fórum Nacional de Educação Escolar Indígena (FNEEI). As atividades acontecem de 15 a 19 de outubro, na Universidade de Brasília, onde são esperados cerca de 300 educadores indígenas de todo o Brasil.

A Universidade Federal da Grande Dourados, única no país, no âmbito federal, a possuir uma Faculdade Intercultural Indígena (FAIND/UFGD), é uma das parceiras na organização do evento e enviou acadêmicos e professores para participarem das atividades que incluem mesas redondas, debates, grupos de trabalho, marcha pela Educação Indígena, audiência pública e apresentações culturais. Com o tema “Direitos Humanos e Educação Indígena”, esta terceira edição também abordará assuntos como Base Nacional Comum Curricular, Educação Infantil e Ensino Médio Indígenas.

De acordo com Teodora de Souza Guarani, professora da FAIND e coordenadora do Fórum, as comunidades indígenas estão lutando para implementação e manutenção de direitos que já estão garantidos legalmente. “Atualmente contamos com 26 licenciaturas culturais no país e, com os cortes da educação, precisamos assegurar que o financiamento desses cursos será mantido. Bem como os investimentos no PROLIND (http://portal.mec.gov.br/prolind) e Saberes Indígenas na Escola (https://www.saberesindigenasnaescola.org/), programas igualmente importantes”. A professora complementa, ainda, que uma luta comum aos povos indígenas do Brasil é a criação de uma Universidade Indígena, com sistema próprio de educação baseado na cultura de cada povo.

O que é o FNEEI?

O Fórum Nacional de Educação Escolar Indígena é uma atividade permanente de educadores indígenas e indigenistas com o principal objetivo de participar do processo de concepção, implementação e avaliação das políticas nacional, estaduais e municipais de educação para os povos indígenas.

Combate ao preconceito

Durante o evento, como parte da programação, será realizada uma mostra da diversidade cultural indígena que terá caráter informativo, educativo e de campanha para fortalecer e difundir o conhecimento das culturas desses povos e sua relevância para a diversidade cultural brasileira. Dessa forma, além de contribuir para o combate ao preconceito e ao racismo, a mostra poderá, também, ajudar a chamar a atenção das instituições governamentais e da opinião pública para a necessidade da valorização da diversidade como vantagem pedagógica e construção de uma cultura de paz e tolerância.

Representando uma pequena parcela dos 33 mil acadêmicos e professores indígenas do país, atuantes em mais de 3 mil escolas indígenas, esta mobilização reunirá caciques, lideranças, jovens, professores e estudantes expondo os desafios enfrentados pelos povos indígenas relacionados à educação e saúde e denunciando às autoridades governamentais e internacionais o preconceito institucional e o descaso com a educação indígena no Brasil.

O evento é uma organização dos fóruns estaduais de Educação Escolar Indígena, movimento de professores indígenas e representação de entidades parceiras da educação indígena, entre elas a DKA, Conselho indigenista Missionário (CIMI), Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (APIB), Faculdade Intercultural Indígena (FAIND/UFGD), UnB e UFAM.

Programação completa e mais informações pelo site http://fneei.org/.

Deixe seu Comentário

Leia Também

MS-164
Polícia apreende caminhão com quanse duas toneladas de maconha
TEMPO
Quarta-feira de sol com aumento de nebulosidade em Dourados
Tio-avô prende menino de dois anos com coleira de cachorro e filma
PRESIDENTE INVESTIGADO
STF escolhe o novo relator do inquérito sobre Bolsonaro e Moro
JUSTIÇA
Juiz concede prisão domiciliar a mulher que entregou depósito de ‘skunk’
ANIVERSÁRIO
Curso de Direito da UFGD completa 20 anos e recebe moção da OAB-MS
POLÍCIA
Dado como desaparecido, motorista de aplicativo estava em corrida
BRASIL
Senado aprova indicação do ministro Jorge Oliveira para vaga no TCU
CAPITAL
Menino de 3 anos que se afogou em piscina está em estado gravíssimo
EDUCAÇÃO
Arelin/UEMS: Inscrições abertas para Curso sobre cultura libanesa

Mais Lidas

DOURADOS
Acidente entre carreta e motocicleta mata mulher na BR-163
HOMICÍDIO EM 2013
Condenada pela morte do ex em Dourados é presa na Capital
DOURADOS
Motorista bêbado causa acidente em semáforo da Avenida Marcelino Pires
CONTRABANDO
Depósito de cigarros paraguaios é desarticulado após denúncia em Dourados