Menu
Busca sábado, 04 de abril de 2020
(67) 9860-3221

Twitter lança operação comercial no Brasil e mira pequenos negócios

20 fevereiro 2013 - 17h10

O Twitter anunciou nesta quarta-feira (20) o lançamento oficial de suas atividades comerciais no Brasil.

As metas do serviço de microblogs são ambiciosas: além de atingir os 200 maiores anunciantes do país e as 30 principais agências de publicidade digitais, o Twitter também quer chegar aos pequenos negócios, como restaurantes e comércios locais.

A empresa mantém um escritório no Brasil desde novembro do ano passado, o terceiro fora dos Estados Unidos. Japão e Reino Unido também têm escritórios locais.

Segundo Guilherme Ribenboim, ex-executivo do Yahoo e do Clickon que comanda as operações do Twitter no Brasil, o tamanho do mercado publicitário nacional e o número de usuários da plataforma justificam o interesse pelo país.

A empresa não revela dados específicos sobre usuários brasileiros. Mas, de acordo com o executivo, o país representa a "maioria" dos usuários latino-americanos, que totalizaram 32 milhões no final de 2012, ou 16% da audiência global do site.

Mundialmente, a rede dobrou de tamanho no ano passado, somando hoje 200 milhões de membros. Desses, 60% usam o serviço por dispositivos móveis.

NOVO MERCADO

Com uma estrutura no Brasil, o Twitter pretende aumentar o número de marcas presentes em sua rede e vender seus produtos de publicidade às empresas brasileiras.

A companhia oferece três tipos de produtos a anunciantes: a inclusão das marcas em tuítes, nos "trending topics" e no "feed" de notícias de usuários. As mensagens são identificadas ao usuário como "patrocinadas".

De acordo com o diretor de vendas para médias empresas do Twitter, John Ploumitsakos, o mercado de pequenas e médias empresas é uma das grandes apostas da companhia.

"Há uma tremenda oportunidade no Brasil neste segmento", afirmou. Segundo ele, o Twitter facilita a conversa entre a empresa e seu consumidor, funcionando como ferramenta de marketing e de relacionamento.

De acordo com dados divulgados pela companhia, 50% dos usuários do Twitter seguem seis ou mais marcas na plataforma.

Com isso, o objetivo da maioria (68%) dos usuários é ter acesso a descontos e promoções das empresas.

Outros 52% dizem buscar o acesso a conteúdos exclusivos e 48% desejam receber notificações sobre atualizações de produtos.

Semanalmente, cerca de 4,5 milhões de "tuítes" são publicados sobre experiências de compras e consumo na plataforma, segundo dados divulgados pela empresa.

"Nosso foco inicial é fazer com que os pequenos e médios negócios conheçam e usem a plataforma, para depois pensar em vender nossos produtos de publicidade", afirmou Ribenboim.

PARCERIAS

Segundo o executivo, além do esforço publicitário, a operação brasileira também vai se dedicar a buscar parcerias em outras áreas de negócios, que possam aumentar a audiência do site no país.

Uma das possibilidades seria firmar acordos com operadoras de telefonia e fabricantes de celulares para facilitar o acesso à internet móvel de usuários de telefones pré-pagos.

A TIM e o Facebook criaram uma promoção com esse formato recentemente.

Segundo Ribenboim, o Twitter está conversando com algumas operadoras sobre esse tipo de parceria, mas ainda não há nada fechado.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CORUMBÁ
Operação de repatriação dos brasileiros vindos da Bolívia tem reforço de helicóptero em MS
PANDEMIA
EUA são acusados de 'pirataria' e 'desvio' de equipamentos que iriam para Alemanha, França e Brasil
INCENTIVO
Governo amplia lista de produtos médico-hospitalares com IPI zerado
COVID-19
Comitê de Crise de conronavírus estuda dividir o Hospital da Vida em duas partes durante pandemia
ITAMARATY
Mais de 500 repatriados já cruzaram a fronteira da Bolívia com o Brasil
PARANAÍBA
MPMS viabiliza recurso para aquisição de testes rápidos do novo coronavírus
COVID-19
Governo de MS usa localizadores de celular para monitorar cumprimento da quarentena do coronavírus
ELEIÇÕES
Lia Nogueira oficializa filiação ao Partido Progressista
INTERNACIONAL
Brasil pede a Índia que garanta fornecimento de insumos farmacêuticos
PANDEMIA
Em Mato Grosso do Sul, 27 pessoas já finalizaram a quarentena por conta do coronavírus

Mais Lidas

DOURADOS
Exame de jovem que morreu no HU testa negativo para coronavírus
COVID-19
Dourados tem mais um caso confirmado de coronavírus
DOURADOS
Jovem morre no HU e município pede agilidade no resultado do exame de coronavírus
CORONAVÍRUS
Dourados registra mais dois casos de Covid-19 e MS tem 60 confirmações