Menu
Busca sábado, 31 de julho de 2021
(67) 99257-3397

Três milhões de crianças e adolescentes trabalham no Brasil

08 novembro 2004 - 14h56

Mais de 200 milhões de crianças e adolescentes trabalham em todo o mundo, quando o "moral e ético seria estarem na escola". No Brasil, o número chega a três milhões. Enquanto elas trabalham, adultos em idade legal estão desempregados. Essas questões se relacionam, segundo Armand Pereira, diretor da Organização Internacional do Trabalho (OIT) no Brasil. Para ele, o trabalho infantil é causa da pobreza e não conseqüência, como se pensava. "É evidente que, quanto mais pobre é um país, mais crianças estarão trabalhando. No entanto, não é a pobreza que origina esse trabalho mas o fato de não se respeitaram padrões éticos e de lei. É uma prioridade de recursos colocar as crianças na escola e não no trabalho", ressaltou Armand. O diretor da OIT participou da Segunda Mesa Redonda sobre o Alcance da Educação a Todos e a Eliminação do Trabalho Infantil, no Hotel Nacional. O encontro faz parte da 4ª Reunião do Grupo de Alto Nível de Educação para Todos, promovido pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (Unesco), que acontece até esta quarta-feira (10). Segundo Armand, o governo e a sociedade têm a oportunidade de decidir se querem investir em educação, programas de apoio à renda da família e oportunidade de emprego. Ele acrescentou que, entre 1992 e 2002, o Brasil apresentou uma redução de 40% no número de crianças trabalhando. "O que deu certo no Brasil é que se trabalha cada vez de forma mais integrada, com a melhoria da qualidade do ensino e o aumento do número de escolas, além do apoio à renda da família, que tem impacto no Brasil. O que se conseguiu é um modelo para muitos países", disse. Falta, para Armand, a consolidação destes esforços no país, com um trabalho conjunto com procuradorias, polícia e justiça do trabalho. Além disso, continuidade dos programas já executados. "Por ser um país grande, os números ainda são aquém do esperado", considerou. O objetivo do evento é fortalecer o Fórum Nacional de Erradicação e Prevenção do Trabalho Infantil, os fóruns estaduais e detalhar metas específicas com autoridades locais. Participaram dele 30 ministros de Educação de todo o mundo e colaboradores internacionais, além de representantes da sociedade civil. O ministro da Educação, Tarso Genro, em sua apresentação, disse que o governo brasileiro tem plena consciência da situação e ressaltou ser preciso projeto político dirigido pelo governo, para haver força constitutiva e ser aplicado pelo estado, em relação com a sociedade civil. "Para isso, discutimos hipóteses vinculadas ao nosso crescimento econômico, ao processo de distribuição de renda, ao equilíbrio macro-econômico do país, vinculando estas políticas ao projeto estratégico de governo", disse o ministro. Ricardo Berzoini, ministro do Trabalho, disse não haver dificuldade em buscar a integração com os demais ministérios, entidades e instituições que tratam do tema, bem como organismos internacionais multilaterais. "É necessário integrar opinião pública e sociedade civil com as responsabilidades típicas de estado, para alcançar patamares de dignidade, por meio da erradicação do trabalho infantil", ressaltou. Segundo Berzoini, a fiscalização do trabalho encontrou, de janeiro de 2003 a setembro de 2004, mais de 15 mil crianças e adolescentes, com idade inferior a 16 anos, trabalhando. Ele acrescentou que, dando continuidade à implementação do Plano Nacional de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil e de Proteção ao Trabalhador Adolescente, o ministério do Trabalho e Emprego está reformulando as suas estratégias. "No caso das ações de fiscalização do trabalho, o foco continuará sendo o da regulação e do cumprimento das formas de aprendizagem previstas na lei", disse.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

Brasil vence o Egito e está na semifinal do futebol masculino
OLIMPÍADAS
Brasil vence o Egito e está na semifinal do futebol masculino
PONTA PORÃ
Jovem é presa ao ser flagrada com maconha no interior de ônibus 
Premiado em Londres e editado em Dourados, 'Leão do Mar' será exibido hoje a partir das 20h
CINEMA EM CASA
Premiado em Londres e editado em Dourados, 'Leão do Mar' será exibido hoje a partir das 20h
Nota MS Premiada será sorteada neste sábado
COMPRAS
Nota MS Premiada será sorteada neste sábado
Motorista morre após colidir com caminhão e capotar veículo em rodovia estadual
NOVA ANDRADINA
Motorista morre após colidir com caminhão e capotar veículo em rodovia estadual
SISTEMA DE SAÚDE
Hospitais de Dourados estão com 58 pacientes internados em leitos de UTI
PAGAMENTO
Salários dos servidores estaduais já estão disponíveis para saque
IMUNIZAÇÃO
Pessoas com 20 anos ou mais podem se vacinar em três unidades básicas de saúde
DOURADOS
Traficantes abandonam caminhão com quase 700 quilos de maconha na BR-163
TEMPO
Sábado de sol com aumento de nebulosidade em Dourados

Mais Lidas

ACIDENTE DOMÉSTICO
Após discussão com entregador jovem acaba ferido
PARAGUAI
Militares executados na fronteira eram sargentos da FTC
PONTA PORÃ
Bilhete ao lado de corpo esquartejado indica próximos "alvos" de criminosos
CLIMA
Dourados bate recorde de frio no ano com geada forte