Menu
Busca domingo, 17 de outubro de 2021
(67) 99257-3397
BRASIL

Superior Tribunal de Justiça reinicia hoje sessões virtuais

10 novembro 2020 - 13h44Por Agência Brasil

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) retoma hoje (10) a contagem de prazos processuais e as sessões de julgamento virtual de alguns de seus colegiados, mas os julgamentos por videoconferência que estavam agendados para esta terça-feira tiveram a retomada adiada em uma semana.

Todas as seis turmas do tribunal, que julgam processos de natureza cível e penal, cancelaram as sessões por videoconferência agendadas para hoje. A maioria dos processos foi inserida na pauta da semana que vem. A medida ocorre por causa de “instabilidades pontuais e para assegurar todas as garantias às partes”, informou o STJ, em comunicado.

As sessões por videoconferência, que têm substituído os julgamentos presenciais durante a pandemia de covid-19, são diferentes das sessões virtuais. Nestas, os ministros têm uma semana para votar remotamente, por escrito, em recursos como embargos e agravos.

A Corte Especial e as turmas iniciam agora e seguem até 16 de novembro com as sessões virtuais que deveriam ter começado na semana passada, e também adiaram em uma semana os julgamentos que teriam início na próxima terça-feira (17).

Duas sessões virtuais que começaram em outubro – da Primeira Turma, no dia 28 de outubro, e da Terceira Turma, no dia 29 – tiveram a data de encerramento transferida para a próxima quarta-feira (11).

Todas as sessões de julgamento do STJ, virtuais ou por videoconferência, foram subitamente interrompidas na terça-feira passada (3), após o tribunal ser alvo de um ataque cibernético. A Polícia Federal investiga a invasão.

Processos

Ontem (9), o tribunal informou que parte dos seus sistemas já havia sido restabelecida, incluindo ferramentas, como o Sistema Justiça, o que permite aos relatores analisar os processos digitalmente.

Outros sistemas – como o de telefonia, o que permite o acesso remoto pelo corpo funcional e os serviços virtuais de consulta processual, consulta de jurisprudência e ao Diário da Justiça eletrônico (DJe) – ainda não foram restabelecidos.

“O STJ continua trabalhando para restabelecer totalmente sua rede tecnológica, com a recuperação de informações a partir dos backups mantidos pela Secretaria de Tecnologia da Informação e Comunicação”, disse o tribunal, em nota.  

O Comando de Defesa Cibernética do Exército e o Serpro (Serviço Federal de Processamento de Dados, empresa estatal de TI), e as empresas Microsoft e Atos Brasil, auxiliam nos trabalhos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Força tarefa da Prefeitura de Dourados retira 50 árvores caídas
DEFESA CIVIL
Força tarefa da Prefeitura de Dourados retira 50 árvores caídas
REGIÃO
Homem é flagrado na BR-267 com droga que saiu de Dourados
Homem é esfaqueado durante discussão e é socorrido para hospital
REGIÃO
Homem é esfaqueado durante discussão e é socorrido para hospital
Última vítima de naufrágio no Pantanal é encontrada por bombeiros
TRAGÉDIA
Última vítima de naufrágio no Pantanal é encontrada por bombeiros
REGIÃO
Filhotes de beija-flor são resgatados de ninho após ventania
POLÍTICA
Aziz adia para quarta-feira a leitura do relatório da CPI
REGIÃO
Polícia resgata filhotes de pica-pau e periquitos que caíram de ninho em tempestade
ECONOMIA
B3 oferece cursos para quem quer aprender a operar no mercado de ações
REGIÃO
Sandero com mais de 220 quilos de drogas é apreendido na MS-162
ESPORTE
Mundial de Ginástica Artística começa nesta segunda-feira

Mais Lidas

CLIMA
ASSUSTADOR: Vídeo mostra chegada da tempestade de poeira em Dourados
DOURADOS
Asfalto de avenida cede na região Norte e trânsito é interrompido
CLIMA
Alan decreta situação de emergência após temporal que deixou rastro de destruição em Dourados
CLIMA
Ventos de 40 km/h causam estragos em Dourados