Menu
Busca domingo, 11 de abril de 2021
(67) 99257-3397

Soja puxa saldo das exportações brasileiras

05 maio 2005 - 16h35

O início do embarque da safra 2005 da soja, principal produto da pauta exportadora do país, deverá fazer com que as exportações brasileiras cheguem a US$ 10 bilhões em um único mês. Essa é a expectativa de Ivan Ramalho, secretário de Comércio Exterior do Ministério do Desenvolvimento. "É perfeitamente possível que se chegue aos US$ 10 bilhões", afirmou. O embarque da soja começa em maio, mas em um volume muito baixo. A maior parte será feita a partir de junho. No mês passado, as exportações somaram US$ 9,202 bilhões e as importações, US$ 5,326 bilhões. A diferença entre as vendas ao exterior e as compras resultaram em um superávit comercial de US$ 3,849 bilhões. Esse é o maior saldo mensal já apresentado pela balança. Esse superávit é 97,8% maior que os US$ 1,960 bilhão de abril de 2004. Em relação a março, quando o saldo comercial ficou em US$ 3,849 bilhões, o crescimento foi de apenas 0,7%. No entanto, abril teve menos dias úteis que março: 20 contra 22.     O secretário destacou o fato de a média diária de exportações média exportada por dia útil ter ficado em US$ 466 milhões em abril. Essa é a maior média. A de importações também foi recorde, US$ 266,3 milhões. Ele acredita que esses valores devem crescer ainda mais. "Esse desempenho está coerente com a meta [de exportações] de US$ 112 bilhões", disse. Essa é a projeção do ministério para as exportações neste ano. Não há uma previsão para importações.      Categorias: O crescimento das exportações ocorreu nas três categorias de produtos: semimanufaturados (56,6%), básicos (49,3%) e manufaturados (30,3%). Entre os manufaturados, os itens mais vendidos foram automóveis e celulares e entre os semimanufaturados, os de ferro e aço e celulose. Os produtos básicos mais vendidos foram soja em grão e minério de ferro.     O aumento das vendas ao exterior é decorrente não só do maior volume vendido, mas também pelo aumento dos preços em alguns produtos, como óleos combustíveis (66,9%) e laminados planos (78,8%). Do lado das importações, houve aumento nas compras de bens de consumo (20,8%) e bens de capital (20,7%) e queda nas compras de combustíveis e lubrificantes (-10,2%). Para Ramalho, essa queda provavelmente é decorrente de algum problema logístico, já que não foi verificado uma queda no consumo interno de combustíveis. Colaboram para o crescimento das exportações, segundo o secretário, o maior número de empresas no mercado 900 empresas passaram a exportar no ano passado e neste ano 313 até o primeiro trimestre, a diversificação dos produtos vendidos e a busca por mercados não-tradicionais.     Ele lembra ainda que a cotação do dólar tem impacto diferente nos setores os mais competitivos sofrem mais com um dólar desvalorizado. A entrada de dólares por conta das exportações faz com que a cotação da moeda norte-americana não consiga se sustentar em um patamar muito alto. Além disso, as oito elevações seguidas na taxa de juros promovidas pelo Banco Central nos últimos oito meses também contribui para atrair capital estrangeiro para o Brasil e manter o real valorizado.     Na sexta-feira, o dólar encerrou o dia cotado a R$ 2,529. Em tese, quanto menos vale o dólar, pior para os exportadores, já que os produtos brasileiros ficam mais caros lá fora.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

Homem é assaltado na Avenida Marcelino Pires
DOURADOS
Homem é assaltado na Avenida Marcelino Pires
POLÍCIA
Jovem denuncia motorista de aplicativo por se masturbar durante corrida
Com leitos de UTI lotados, Dourados chega a 360 mortes por coronavírus
PANDEMIA
Com leitos de UTI lotados, Dourados chega a 360 mortes por coronavírus
PMA de Dourados fecha serralheria por emissão de sons acima do previsto em lei
FISCALIZAÇÃO
PMA de Dourados fecha serralheria por emissão de sons acima do previsto em lei
Vinte e seis pacientes aguardam vagas em leitos de UTI em Dourados
PANDEMIA
Vinte e seis pacientes aguardam vagas em leitos de UTI em Dourados
PANDEMIA
Covid-19: pessoas já infectadas devem esperar um mês antes de vacinar
DOURADOS
Assaltante atira contra jovem para roubar e acerta Kombi estacionada
ECONOMIA
Caixa paga hoje auxílio emergencial a nascidos em março
JARDIM
Lava-jato é interditado e proprietário autuado por jogar efluentes sem tratamento na rua
FUTEBOL
Em Brasília, Flamengo e Palmeiras decidem supercampeão do Brasil

Mais Lidas

DOURADOS
Motociclista tem suspeita de fratura nas pernas após ser atingido por carro
VILA INDUSTRIAL
Veículo é destruído pelo fogo em Dourados e ocupantes saem ilesos; veja vídeo
RESGATE
Menina estava brincando com irmãos e avó quando se afogou no Rio Dourados
HOMICÍDIO
Jovem é morta com tiros de escopeta em Itaporã