Menu
Busca sexta, 04 de dezembro de 2020
(67) 99659-5905
POLÍTICA

Senador Nelsinho Trad acredita que caso de brasileiro preso na Rússia será solucionado

29 outubro 2020 - 15h26Por Da Redação

Após quatro compromissos diplomáticos com autoridades da Rússia e a entrega da carta do presidente Jair Bolsonaro ao ministro de Relações Exteriores Sergev Ryabkov, o senador Nelsinho Trad (PSD/MS), presidente da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional do Senado Federal, afirmou que “há vontade” por parte da Rússia em dar solução ao caso do brasileiro Robson Oliveira.

Há mais de um ano e meio, ele está preso em Moscou, porque trouxe um medicamento ao país, para atender o sogro de seu ex-patrão o jogador Fernando que na época jogava pelo Spartak de Moscou. O uso desse produto mytedon (cloridrato de metadona) é proibido na Rússia, quem solicitou a encomenda não fez nenhum depoimento à polícia e, desde então, Robson ficou detido.

O jogador foi contratado pelo Beijing Guoan e se mudou para China e Robson teve a prisão prorrogada até abril de 2021. A situação gerou comoção e o presidente Bolsonaro pediu aos russos a liberdade de Robson. Em entrevista nesta quinta à Band, ao vivo da Embaixada Brasileira, em Moscou, o senador Nelsinho Trad explicou que o Executivo da Rússia não interfere na lei. Em conversa com o ministro Sergev, ele sentiu a intenção das autoridades russas em ajudar o brasileiro e que pretendem concluir o mais rápido possível o julgamento do Robson.

“Há um respeito muito grande por aqui para não haver atropelamento entre os poderes. Nem no do Judiciário no Executivo ou vice-versa. Por isso, nos deixaram bem claro aqui que qualquer medida que possa vir a ser tomada no âmbito da democracia precisa de uma sentença já proferida. Ou seja, mesmo que haja perdão diplomático, isso só vai ser decidido depois do julgamento”, esclareceu o senador Nelsinho Trad.

O senador Nelsinho Trad retorna amanhã para o Brasil. Para o parlamentar, todos os procedimentos foram tomados nesses dias em favor de Robson. Ele chegou no fim da tarde de terça, ontem já entregou a carta enviada por Bolsonaro, se reuniu com o presidente do Comitê de Assuntos Internacionais do Conselho de Federação, senador Konstantin Kosachyov e, hoje, participou de reunião com o diretor do Departamento de Cooperação Internacional de Skolkovo, Maksim Romanov, e depois com o Grupo Parlamentar Brasil- Rússia da Duma de Estado, coordenado pelo deputado Maksim Shchablykin. “Nós fizemos o papel de ouvinte da população brasileira, cumprimos a missão diplomática e senti que o nosso apelo tocou as autoridades da Rússia”!

Deixe seu Comentário

Leia Também

''Temos que nos dar as mãos e fazer uma Dourados mais pujante'', diz vereador eleito Creusimar
TV DOURADOS NEWS
''Temos que nos dar as mãos e fazer uma Dourados mais pujante'', diz vereador eleito Creusimar
Dupla de MS é presa com 500 quilos de maconha pela PRF do Paraná
TRÁFICO
Dupla de MS é presa com 500 quilos de maconha pela PRF do Paraná
REAJUSTE
Petrobras anuncia aumenta em 5% valor de gás de cozinha
PROVAS
Edital convoca para divulgação das notas do Concurso da Magistratura
Em live, Bolsonaro pede que população economize energia elétrica
BRASIL
Em live, Bolsonaro pede que população economize energia elétrica
MS-156
Homem morre e duas pessoas ficam feridas em colisão de veículos
COMER BEM
Happy Hour Feito à Mão: "A inauguração foi um sucesso", diz Daniele Lemos
TEMPO
Sexta-feira nublada, ainda com possibilidade de chuva em Dourados
JUSTIÇA
Suspeito de matar ex-cunhado tem prisão convertida em preventiva
CONGRESSO
Disputa pela presidência da Câmara paralisou reforma tributária, diz Guedes

Mais Lidas

POLÍCIA
Homem é encontrado morto em ponte próximo à Vila Cachoeirinha 
CAARAPÓ
Jovem que matou companheira com mata-leão é autuado em flagrante por homicídio doloso
ACIDENTE
Rodas de carreta se soltam e atingem mulher na calçada em Amambai
DOURADOS
Corpo encontrado na pedreira é de homem desaparecido há quatro dias