Menu
Busca sexta, 04 de dezembro de 2020
(67) 99659-5905
BRASIL

Senado deve votar isenção de ICMS para igrejas na terça

01 dezembro 2019 - 07h45Por Agência Brasil

Templos religiosos e entidades beneficentes de assistência social poderão continuar isentos de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) até 31 de dezembro de 2032. A proposta, um projeto de lei complementar (PLP 55/2019) de autoria da deputada Clarissa Garotinho (Pros-RJ), aprovada em maio pelos deputados, pode ter a última votação no plenário do Senado, na terça-feira (3), em regime de urgência.

Na última semana a Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) da Casa aprovou por unanimidade o relatório do senador Irajá (PSD-TO), favorável à prorrogação por mais 15 anos do benefício. Ele explicou que o PLP muda a Lei Complementar 160, de 2017. Ela estabelece prazos de até 15 anos para isenções, sendo o mais curto — de um ano — a regra geral, na qual templos e entidades assistenciais foram enquadrados. O prazo máximo é concedido a atividades agropecuárias e industriais e a investimentos em infraestrutura rodoviária, aquaviária, ferroviária, portuária, aeroportuária e de transporte urbano. “Não há justificativa para que os incentivos voltados para templos e instituições assistenciais tenham sido enquadrados na regra geral, com prazo mais curto”, disse Irajá em seu voto.

O relator esclareceu ainda que o projeto não implica diretamente renúncia de receita, apenas autoriza os estados a firmar convênios sobre incentivos fiscais do ICMS voltados a templos de qualquer culto e a entidades beneficentes de assistência social. Já a deputada Clarissa Garotinho (Pros-RJ) destacou que “não se trata de nova isenção, mas apenas de renovação daquilo com que elas já contavam antes da lei complementar”.

Igrejas já têm imunidade tributária para não pagar outros impostos, como Imposto de Renda, Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) e Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA). Se aprovado pelo plenário do Senado, o texto seguirá para sanção presidencial.

Deixe seu Comentário

Leia Também

JUSTIÇA
Mutirão DPVAT realiza 386 perícias na comarca de Dourados
ACIDENTE
Garoto de 15 anos desaparece em córrego durante temporal na Capital
Festival da Canção da UEMS divulga música campeã da edição 2020
CULTURA
Festival da Canção da UEMS divulga música campeã da edição 2020
COTAÇÃO
Dólar fecha cotado a R$ 5,12, menor valor desde 22 de julho
Com mudanças no toque de recolher, bares e restaurantes temem prejuízos e demissões
APELO
Com mudanças no toque de recolher, bares e restaurantes temem prejuízos e demissões
DOURADOS
Mulher é esfaqueada pelo ex após discussão no Canaã IV
DOURADOS
Fim de semana pode ter chuva e máxima não passa de 26°C
PANDEMIA 
Civil fecha unidade na Capital após confirmação de casos de Covid
UNIVERSIDADE
Pesquisa vai monitorar presença de Sars-CoV-2 em doadores de sangue assintomáticos
IMPORTAÇÃO 
Caminhões aguardam em fila há 15 dias por liberação para entrar em MS

Mais Lidas

POLÍCIA
Homem é encontrado morto em ponte próximo à Vila Cachoeirinha 
CAARAPÓ
Jovem que matou companheira com mata-leão é autuado em flagrante por homicídio doloso
ACIDENTE
Rodas de carreta se soltam e atingem mulher na calçada em Amambai
DOURADOS
Corpo encontrado na pedreira é de homem desaparecido há quatro dias