Menu
Busca quarta, 08 de julho de 2020
(67) 99659-5905
BRASIL

Senado deve votar isenção de ICMS para igrejas na terça

01 dezembro 2019 - 07h45Por Agência Brasil

Templos religiosos e entidades beneficentes de assistência social poderão continuar isentos de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) até 31 de dezembro de 2032. A proposta, um projeto de lei complementar (PLP 55/2019) de autoria da deputada Clarissa Garotinho (Pros-RJ), aprovada em maio pelos deputados, pode ter a última votação no plenário do Senado, na terça-feira (3), em regime de urgência.

Na última semana a Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) da Casa aprovou por unanimidade o relatório do senador Irajá (PSD-TO), favorável à prorrogação por mais 15 anos do benefício. Ele explicou que o PLP muda a Lei Complementar 160, de 2017. Ela estabelece prazos de até 15 anos para isenções, sendo o mais curto — de um ano — a regra geral, na qual templos e entidades assistenciais foram enquadrados. O prazo máximo é concedido a atividades agropecuárias e industriais e a investimentos em infraestrutura rodoviária, aquaviária, ferroviária, portuária, aeroportuária e de transporte urbano. “Não há justificativa para que os incentivos voltados para templos e instituições assistenciais tenham sido enquadrados na regra geral, com prazo mais curto”, disse Irajá em seu voto.

O relator esclareceu ainda que o projeto não implica diretamente renúncia de receita, apenas autoriza os estados a firmar convênios sobre incentivos fiscais do ICMS voltados a templos de qualquer culto e a entidades beneficentes de assistência social. Já a deputada Clarissa Garotinho (Pros-RJ) destacou que “não se trata de nova isenção, mas apenas de renovação daquilo com que elas já contavam antes da lei complementar”.

Igrejas já têm imunidade tributária para não pagar outros impostos, como Imposto de Renda, Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) e Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA). Se aprovado pelo plenário do Senado, o texto seguirá para sanção presidencial.

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLÍTICA
TJMS libera Dagoberto Nogueira de pagar mais de R$ 500 mil por propaganda irregular
PERSEGUIÇÃO
Contrabandista morre após capotar carro com 1,7 mil pacotes de cigarro
EDUCAÇÃO
MEC anuncia que Enem será em 17 e 24 de janeiro de 2021
EM CORUMBÁ
Homem assassinado a tiros durante a madrugada tem 30 anos
TRÊS LAGOAS
Mantida condenação de mãe e filho que mentiram em testemunho durante audiência
LEVANTAMENTO
MS registra média de 100 novos casos de dengue por dia
BRASIL
Promotor diz que Ricardo Eletro usa sonegação como política de negócio
SAÚDE PÚBLICA
Epicentro da Covid-19 em MS, Dourados alinha ações com o Estado
DOURADOS
Com mínima de 3°C na sexta, temperatura pode subir mais de 30°C em três dias
BRASIL
Toffoli nega pedido para afastar Moraes da relatoria de inquérito

Mais Lidas

DOURADOS
Acusado de matar secretário pode ter tido surto de esquizofrenia
BR-163
Casal que morreu ao bater em carreta morava em Campo Grande
PANDEMIA
Dourados confirma mais três óbitos por coronavírus e ultrapassa 3 mil casos
PANDEMIA
Comerciante de 45 anos é a 37ª vítima do coronavírus em Dourados