Menu
Busca segunda, 17 de maio de 2021
(67) 99257-3397

Seminário mostra Mapa da Violência entre os Jovens no Brasil

15 setembro 2004 - 09h52

Uma das apresentações do Seminário Estadual de Políticas Públicas para a Juventude é o Mapa da Violência IV: os jovens do Brasil. Juventude, violência e cidadania, desenvolvido pelo sociólogo da Unesco, Julio Jacobo Waiselfisz. O trabalho é um desdobramento do Índice de Desenvolvimento da Juventude (IDJ) criado para medir a qualidade de vida dos jovens brasileiros com idade entre 15 e 24 anos. O estudo teve, segundo o sociólogo, o objetivo de identificar os problemas enfrentados pelos jovens brasileiros para ajudar a desenvolver políticas públicas para o segmento. O resultado do trabalho foi registrado inicialmente no Relatório de Desenvolvimento Juvenil 2003. Os critérios utilizados para a elaboração do índice foram: educação (analfabetismo, grau de instrução e qualidade de ensino), saúde (taxa de mortalidade por causas violentas e internas) e renda per capita familiar, a partir de dados oficiais do IBGE e outras instituições, levando-se em conta a cor, raça e gênero do jovem. A última publicação do IDJ foi o Mapa da Violência IV, lançado em junho deste ano. Nesse estudo Jacobo, faz uma radiografia da violência contra o jovem no país, da mortalidade juvenil e do impacto das políticas públicas para a Juventude. O estudo revela que a taxa de mortalidade juvenil é de 137 em cada 100 mil. Os homicídios são responsáveis por 40% das mortes e os acidentes de trânsito por 15,6%. Esses e outros números são analisados para que se descubram as causas da violência e definam-se políticas públicas para melhorar a qualidade de vida da Juventude brasileira.O Mapa da Violência IV será apresentado por Jacobo, no Seminário Estadual de Políticas Públicas para a Juventude a partir das 14 horas no Centro de Convenções Rubens Gil de Camillo. Pouco antes acontece o lançamento do livro Mapa da Violência IV: os jovens do Brasil. Juventude, violência e cidadania.Segundo o Secretário de Estado da Juventude e do Esporte e Lazer, Rodrigo Terra, a participação de Júlio Jacobo no Seminário Estadual é de grande valia. “O Jacobo é referência quando se fala em Juventude. O trabalho que ele desenvolve na Unesco serve de exemplo para o que estamos começando a desenvolver aqui em Mato Grosso do Sul. Com certeza a participação dele eleva o nível do debate e ajuda na definição das políticas públicas”, comentou Terra.O Seminário Estadual de Políticas Públicas para a Juventude acontece nesta quinta-feira, a partir das 9 horas, no Centro de Convenções Rubens Gil de Camillo e tem os objetivos de ampliar os debates com os jovens e personalidades da área para definir as ações que serão desenvolvidas, para o segmento, no Estado. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Escrituras do programa de regularização fundiária são entregues em Dourados
HABITAÇÃO
Escrituras do programa de regularização fundiária são entregues em Dourados
Equipamentos são entregues para desafogar fila de espera por UTI Covid em Dourados
PANDEMIA
Equipamentos são entregues para desafogar fila de espera por UTI Covid em Dourados
Homem é multado em R$ 15 mil por incêndio e desmatamento de área de Mata Atlântica
DOURADINA
Homem é multado em R$ 15 mil por incêndio e desmatamento de área de Mata Atlântica
Emenda de Barbosinha aperfeiçoa funcionalidade do Cartório Virtual em MS
LEGISLATIVO
Emenda de Barbosinha aperfeiçoa funcionalidade do Cartório Virtual em MS
Itaipu Binacional garante licitação da ponte internacional em julho
ROTA BIOCEÂNICA
Itaipu Binacional garante licitação da ponte internacional em julho
TRÁFICO DE DROGAS
PM apreende 250 kg de maconha abandonada em rodovia
PANDEMIA
Covid-19: governo espera antecipar entrega de vacinas já contratadas
TRÊS LAGOAS
Adolescente é apreendido por tráfico de drogas
DOURADOS
Comércio é furtado no centro de Dourados
INTERNACIONAL
OMS: longas horas de trabalho aumentam risco de morte

Mais Lidas

CAMPO GRANDE
Após discussão, jovem bate veículo em poste e namorada que estava no capô morre
POLÍCIA
'Apaixonado', rapaz furta objetos na PED para ser preso e reencontrar marido
FEMINICÍDIO
Mulher baleada na cabeça pelo ex-marido morre no hospital
REGIÃO
Mulher mata o marido a facadas após discussão em MS