Menu
Busca terça, 07 de abril de 2020
(67) 9860-3221

Região Norte tem a maior taxa de empreendedorismo no Brasil

31 janeiro 2013 - 12h10

Os sete estados do Norte do país concentram, proporcionalmente, a maior taxa empreendedora nacional. Atualmente, 34,2% dos habitantes da região entre 18 e 64 anos estão envolvidos na criação ou administração de um negócio. No Brasil, o índice médio está em 30,2%. Os moradores do Norte são também os brasileiros que mais sonham abrir uma empresa. Enquanto nacionalmente o desejo de investir em um empreendimento é verificado entre 43,5% da população, no Norte do país o mesmo sonho é compartilhado por 54,3% da população adulta. Os dados constam da pesquisa Global Entrepreneurship Monitor 2012 (GEM), realizada desde 1999, que pela primeira vez ap resenta dados regionais no Brasil.

“Vivemos um processo de desconcentração das atividades econômicas, que têm encontrado nas regiões Norte, Nordeste e Centro Oeste um importante polo de desenvolvimento. O aumento do salário mínimo acima da inflação e a forte distribuição de renda por meio do Bolsa Família no Norte impactam no consumo e favorecem indiretamente o empreendedorismo local”, analisa o presidente do Sebrae, Luiz Barretto.

Em números absolutos, o Sudeste ainda reúne o maior número de pessoas com empresas estabelecidas ou em fase de criação. São 15,3 milhões de empreendedores distribuídos entre São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Espírito Santo. A região se destaca ainda por apresentar a maior escolaridade entre os empreendedores brasileiros. Na região, 43% daqueles que iniciam um negócio têm o Ensino Médio completo, frente à média nacional, de 37%.

O índice de empresários iniciais com diploma de graduação também é maior nessa região (15%) do que no resto do país (11,5%). A maior escolaridade entre os empreendedores do Sudeste corresponde à melhor estrutura de ensino superior nos estados da região, que reúne maior densidade de instituições com boa avaliação do Ministério da Educação.

A GEM considera empreendedores iniciais os adultos entre 18 e 64 anos que nos últimos 12 meses realizaram alguma atividade para ter o próprio negócio, como começar uma poupança para esse fim. Também integram esse grupo aqueles que possuem empresa com até 3,5 anos de operação. Os empreendedores estabelecidos, segundo o levantamento, têm mais de 3,5 de mercado.

De acordo com a GEM, está na região Centro Oeste a maior proporção de empreendedores jovens envolvida na abertura de um negócio. Mais de 22% dos novos empresários entre 18 e 24 anos estão na região, que também apresenta a maior proporção (37,2%) de empreendedores iniciais entre 25 a 34 anos. Nacionalmente, 18,3% estão entre 18 e 24 anos e 33,8% estão na faixa etária entre 25 e 34 anos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA
INSS define regras para antecipar pagamento de auxílio-doença
RIBAS DO RIO PARDO
Fusca apresenta defeito e motorista é flagrado com maconha na BR-262
EDUCAÇÃO
Enem: 670 mil estudantes já solicitam isenção da taxa de inscrição
AQUIDAUANA
Apreendida moto usada em fuga por homem que matou ex com tiro na cabeça
DOURADOS
Varas do Trabalho liberam R$ 50 mil para combate ao coronavírus
TRÊS LAGOAS
Preso integrante do PCC que sequestrou vítima para julgá-la em tribunal do crime
ASTRONOMIA
'Superlua rosa' poderá ser vista na noite desta terça no Brasil
PECULATO
Justiça condena réus por tráfico e investigador perde o cargo na polícia
GERAL
Governo federal lança programa de arrecadação de doações
DESCAMINHO
Polícia apreende veículo com cigarros contrabandeados do Paraguai

Mais Lidas

DOURADOS
Dois homens são executados por dupla de moto no Jardim Carisma
FLEXIBILIZAÇÃO
Com restrições, comércio volta a funcionar amanhã em Dourados
COVID-19
Estado tem mais três confirmações do novo coronavírus em 24 horas, todas no interior
DOURADOS
Polícia apura que filho matou pai a pauladas após agredir a mãe grávida