Menu
Busca terça, 24 de novembro de 2020
(67) 99659-5905
PGR

Raquel Dodge toma posse como procuradora-geral

18 setembro 2017 - 08h13

Há mais de três décadas no Ministério Público Federal (MPF), Raquel Dodge tomou posse na manhã desta segunda-feira (18) no cargo de procuradora-geral da República, na cadeira que foi ocupada nos últimos quatro anos por Rodrigo Janot. Em sua fala de oito minutos, a nova chefe do Ministério Público prometeu "defender a democracia, zelar pelo bem comum e meio ambiente e garantir que ninguém esteja acima da lei e ninguém abaixo da lei".

A cerimônia de posse contou com a presença de familiares de Raquel Dodge, integrantes do Ministério Público, magistrados e políticos, entre os quais o presidente Michel Temer.

A solenidade de posse da nova procuradora-geral da República, realizada no auditório da sede da Procuradoria Geral da República (PGR), teve início às 7h12 (MS).

Após a execução do Hino Nacional, Michel Temer assinou o termo de posse de Raquel Dodge. Na sequência, ela assinou o livro e fez seu primeiro discurso como procuradora-geral da República.

"Estou ciente da enorme tarefa que está diante de nós", diz Raquel Dodge.

Primeira mulher a assumir o comando do Ministério Público, Raquel Dodge chefiará a PGR pelos próximos dois anos.

Desde 1987 no Ministério Público Federal, ela foi indicada para o comando da PGR por Temer, em junho.

Raquel Dodge ficou em segundo na eleição da Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR), atrás de Nicolao Dino, candidato apoiado por Janot. A indicada por Temer foi aprovada pelo Senado em julho.

À frente do MPF, Raquel tem a missão de garantir a continuidade da Operação Lava Jato, que investigou mais de cem políticos de diferentes partidos durante a gestão de Janot, que se tornou o primeiro procurador-geral a denunciar um presidente da República.

'Abuso de autoridade'

Ao final do primeiro discurso de Raquel Dodge como procuradora-geral, Michel Temer fez uma rápida manifestação de improviso.

Em meio à fala, o presidente da República voltou a alfinetar Rodrigo Janot, que se tornou um dos principais desafetos do peemedebista.

"Foi com um prazer extraordinário que eu ouvi dizer que, em outras palavras, que a autoridade suprema não está nas autoridades constituídas, mas está na lei. Ou seja, toda vez que ela ultrapassa os limites da Constituição ou os limites da lei, verifica-se abuso de autoridade", afirmou Temer em meio ao discurso.

O antecessor de Raquel Dodge apresentou duas denúncias contra Temer, a última na quinta-feira (14), pelos crimes de obstrução de Justiça e organização criminosa. Para que o Supremo Tribunal Federal (STF) possa analisar a acusação, é preciso a autorização da Câmara dos Deputados.

Na primeira denúncia, apresentada em junho por corrupção passiva, a maioria dos deputados decidiu barrar a acusação. Com isso, a denúncia de corrupção só poderá ser analisada pelo Judiciário ao final do mandato de Temer.

Viagem de Temer

A cerimônia foi antecipada para o início da manhã para conciliar com a agenda de Temer. Após a posse de Raquel, o presidente da República embarca para Nova York, nos Estados Unidos, onde participará, ainda nesta segunda-feira, de um jantar oferecido pelo presidente norte-americano Donald Trump. Nesta terça, Temer faz o tradicional discurso de abertura da Assembleia Geral das Nações Unidas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

JUTI
Tarado abusa de mulher que fazia caminhada e acaba preso
CULTURA
Festival on-line de dança da melhor idade fecha 1ª fase com 163 mil votos
COTAÇÃO
Dólar fecha em queda de olho em início de transição nos EUA
PF apreende mais de 5,5 toneladas de maconha em Ponta Porã
TRÁFICO
PF apreende mais de 5,5 toneladas de maconha em Ponta Porã
Visando sustentabilidade complexo da Sanesul vai operar com energia solar
MELHORIAS
Visando sustentabilidade complexo da Sanesul vai operar com energia solar
COSTA RICA
Homem invade lanchonete com caminhão motivado por dívida
LEGISLATIVO DE MS
Proposta estabelece descarte correto de equipamentos de proteção individual
ECONOMIA
Guedes anuncia acordo para votação da Lei de Falências nesta quarta
DOURADOS
Flagrado com maconha, baiano diz que faria o transporte da droga por 'liberdade'
VIOLÊNCIA DOMÉSTICA
Agredida por marido, mulher revida com 'chinelada' no rosto e briga acaba em delegacia

Mais Lidas

DOURADOS
Carro invade parque no final da Avenida Marcelino Pires, cai em valeta e pega fogo
VIOLÊNCIA DOMÉSTICA
Homem ameaça ex com faca e apanha de vizinhos em Dourados
DOURADOS
Homem é preso após tentar atropelar policiais em abordagem na BR-163 
DOURADOS
Mulher é presa após atear fogo na casa do ex-marido, cadeirante