Menu
Busca sábado, 28 de março de 2020
(67) 9860-3221

Raikkonen vence o GP da Austrália na estratégia, e Massa fica em 4º

17 março 2013 - 07h15

UOL

Depois de largar apenas em sétimo lugar, Kimi Raikkonen contou com a estratégia para sair com a vitória no GP da Austrália, a primeira corrida da temporada de 2013 da Fórmula 1. O finlandês da Lotus fez apenas duas paradas nos boxes, e mesmo assim colocou 12 segundos de vantagem no segundo colocado Fernando Alonso. Sebastian Vettel completou o pódio, e Felipe Massa chegou na quarta colocação.

Entre os primeiros colocados, Raikkonen foi o único que optou por fazer apenas duas paradas, e acabou deixando os favoritos para trás. O finlandês chegou às últimas voltas com Alonso ensaiando uma pressão atrás dele, mas viu a bandeirada com folga. O espanhol fez três pit stops, mas parou na hora certa, e por isso deixou Vettel e Massa para trás.

Para o brasileiro, ficou a sensação de que o pódio era possível. Ele saltou da quarta para a segunda posição na largada e se posicionou logo à frente do companheiro de equipe nas primeiras voltas. Alonso pressionou, mas desta vez Massa não cedeu. O espanhol só ganhou a posição por ter parado três voltas antes em seu segundo pit stop, tendo sido favorecido pela estratégia.

Massa liderava a prova, mas ficou três voltas a mais com pneus gastos, e acabou perdendo tempo. Na volta de seu pit stop, ele voltou atrás de Alonso e Vettel, perdendo as posições que tinha ganhado na largada. Prejudicado pela estratégia, ele chegou a reclamar com seu engenheiro Rob Smedley pelo rádio: "E agora, o que fazemos?".

Outro que se sobressaiu na tática foi o alemão Adrian Sutil, da Force India. Assim como Raikkonen, ele parou apenas duas vezes e chegou a liderar a prova. Pelo regulamento, ele precisou fazer outro pit stop, mas ainda assim ficou na sétima posição. Seu companheiro Paul di Resta teve a mesma estratégia e ficou em oitavo.

Sutil precisou terminar a prova com os pneus supermacios, que se esfarelaram e facilitaram a ultrapassagem de Hamilton, que ficou em quinto. O inglês largou em terceiro, mas não teve um bom ritmo de corrida. A Mercedes se frustraria ainda mais com o abandono de Nico Rosberg.que teve problemas eletrônicos. Nos treinos, a equipe de Ross Brawn brigava para ser a segunda força atrás da Red Bull.

Para a equipe tricampeã, a corrida também foi decepcionante. Vettel perdeu posições por ter parado tarde demais para trocar pneus. Já Mark Webber, mesmo correndo em casa, largou muito mal, caindo de segundo para sétimo. Acabou ficando com a sexta posição após deixar Sutil para trás nas últimas voltas.

Pior ainda foi para a McLaren, que confirmou o pessimismo dos treinos e se consolidou como a quinta força do grid, atrás da Force India. Jenson Button chegou apenas em nono, e Sergio Perez em 11º. Ambos fizeram três paradas.

A previsão do tempo chegou a apontar ameaça de chuva no circuito de Melbourne, o que pôs as equipes em alerta. Afinal, o treino de classificação chegou a ser interrompido por um temporal. Mas deu tempo para Raikkonen assegurar a sua 20ª vitória da carreira, a segunda na Lotus, com direito à volta mais rápida da prova. Seu companheiro Romain Grosjean ficou apenas em décimo.

Deixe seu Comentário

Leia Também

FRONTEIRA
Jovem é encontrado desacordado após ser espancado no meio da rua
COVID-19
Mulher de 52 anos é o 2º caso de coronavírus em Dourados, total no Estado é de 31
REGIONAL
Em parto raro, gêmeos nascem na maternidade do Hospital de Ponta Porã
ARTIGO
Cenários para o Covid-19 e a capacidade do sistema de saúde em MS
CAPITAL
Motorista bêbado é preso em flagrante após capotar carro na BR-262
AVANÇO DO COVID-19
Brasil tem 3.904 casos confirmados e 114 mortes pelo novo coronavírus
MEIO AMBIENTE
Polícia Militar Ambiental captura capivara no centro da cidade de Coxim
PANDEMIA
Estudantes intercambistas poderão remarcar viagens sem custo
CAMPO GRANDE
Motorista de F-1000 faz “delivery” de cocaína e acaba preso na Capital
SÃO JOSÉ DO DIVINO
Prefeito de cidade do Piauí morre vítima do novo coronavírus

Mais Lidas

COVID-19
Saúde confirma coronavírus para mulher internada em Dourados e casos chegam a 28 em MS
PANDEMIA
Bebê de três meses é novo caso confirmado de coronavírus em MS
DOURADOS
Sindicato emite nota e diz que empregados foram obrigados a participar de ato
BATAYPORÃ
Paciente com suspeita de coronavírus é internada em estado grave em Dourados