Menu
Busca quinta, 02 de abril de 2020
(67) 9860-3221

ProUni abre nesta quinta-feira inscrições para mais de 144 mil bolsas

17 janeiro 2013 - 08h25

Estão abertas, a partir desta quinta-feira, dia 17 de janeiro, as incrições para o Programa Universidade para Todos (ProUni), exclusivamente no site do programa. Os candidatos podem se inscrever até as 23h59 (horário de Brasília) da próxima segunda-feira, dia 21 de janeiro. O ProUni concede bolsas de estudo integrais e parciais em cursos de graduação e sequenaciais de formação específica, em instituições privadas de educação superior.

Para participar, é preciso ter cursado todo o ensino médio em escola pública ou em estabelecimento particular na condição de bolsista. Também é pré-requisito ter participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2012 e atingido pelo menos 450 pontos, além de não ter zerado a nota da redação. Até o ano passado, a exigência mínima era alcançar 400 pontos.

A bolsa integral é concedida a estudantes com renda bruta familiar por pessoa até 1,5 salário mínimo, e as parciais àqueles com renda familiar até três salários mínimos por pessoa.

Na hora de se candidatar a uma vaga, o estudante deve informar o número de inscrição e a senha usados no Enem 2012. Ele escolhe, em ordem de preferência, até duas opções de instituição, curso e turno entre as bolsas disponíveis, de acordo com o seu perfil. Os candidatos podem consultar as vagas disponíveis no endereço http://prounialuno.mec.gov.br/consulta/publica.

Na primeira edição deste ano, o Programa Universidade para Todos (ProUni) vai oferecer 144.639 vagas, das quais 99.223 são bolsas de estudo integrais e 45.416 parciais (50% da mensalidade).

A primeira divulgação dos resultados será no dia 24 deste mês e a segunda, no dia 8 de fevereiro. Quem não for pré-selecionado em nenhuma das etapas poderá aderir a uma lista de espera nos dias 24 e 25 de fevereiro. Após a divulgação dos resultados, os candidatos pré-selecionados terão um prazo para comparecer à instituição de ensino com os documentos que comprovem as informações prestadas na ficha de inscrição.

A bolsa do ProUni pode ser uma alternativa para quem não conseguiu uma vaga no Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que oferece vagas em instituições públicas de educação superior. Caso o candidato seja selecionado nos dois programas, deverá optar por um deles, já que é vedado usar uma bolsa do programa e estar, simultaneamente, matriculado em instituição de ensino superior pública e gratuita.

O estudante que conseguir apenas uma bolsa parcial (50% da mensalidade) pode custear a outra parte por meio do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) sem a necessidade de apresentar fiador. Para isso, é preciso que a instituição onde o aluno pretende se matricular tenha firmado termo de adesão ao Fies e ao Fundo de Garantia de Operações de Crédito Educativo (Fgeduc).

Deixe seu Comentário

Leia Também

OPERAÇÃO
Polícia identifica criminoso que pretendia praticar roubo milionário em MS
ECONOMIA
Dólar sobe pouco, mas tem novo recorde de fechamento
MATO GROSSO DO SUL
Paulista é flagrado com pescado, barco, motor e petrechos
FRONTEIRA
Ação conjunta fecha 48 comércios e prende uma pessoa em Ponta Porã
SAÚDE
Governo de MS diz ter três desafios diante da pandemia do coronavírus
BRASIL
Laboratórios agropecuários poderão atuar no diagnóstico de covid-19
CORONAVÍRUS
MPF impede deliberação da Anvisa sobre agrotóxico durante a pandemia da covid-19
MATO GROSSO DO SUL
Em sessão remota, governo encaminha quatro projetos de lei à Assembleia
DO LUTO À LUTA
AAGD realiza campanha de conscientização do autismo pelas redes sociais
SEBRAE
Com coronavírus, faturamento diminui para 89% dos empresários em MS

Mais Lidas

REGIÃO
Ex-assessor de Mandetta é encontrado morto em apartamento na Capital
COVID-19
Primeiro óbito por coronavírus do Estado é registrado em Dourados
NOVA ANDRADINA
Hospital confirma três profissionais com coronavírus em unidade que atendeu idosa
BOLETIM DA SES
Dourados registra mais um caso de coronavírus e MS tem 51 confirmações