Menu
Busca quarta, 20 de janeiro de 2021
(67) 99257-3397
BRASIL

Promotor intima Lula e Marisa para depor sobre triplex

29 janeiro 2016 - 17h50

O promotor de Justiça de São Paulo Cássio Conserino intimou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e sua mulher Marisa Letícia para depor em investigação sobre um apartamento triplex no Guarujá, no litoral do estado. O depoimento está marcado para o dia 17 de fevereiro, no Fórum da Barra Funda, na capital, e será a primeira vez que Lula e Marisa vão depor como investigados.

O ex-presidente da OAS José Adelmário Pinheiro, conhecido como Léo Pinheiro, também será ouvido. Ele já foi condenado a 16 anos na Operação Lava Jato, recorreu e responde em liberdade.

A investigação do Ministério Público de São Paulo, no entanto, é independente da Lava Jato. O promotor Cássio Conserino investiga a transferência de prédios inacabados da Bancoop – cooperativa do sindicato dos bancários que se tornou insolvente – para outras empresas, entre elas a OAS, envolvida no esquema de corrupção da Petrobras.

O MP-SP apura a suspeita de que o ex-presidente Lula tenha ocultado ser o dono do triplex 164-A, de 297 m², que fica no Condomínio Solaris, na praia de Astúrias.

Ao Jornal Nacional, o promotor afirmou que há indícios de que houve tentativa de esconder a verdadeira identidade do dono do triplex. E essa seria uma forma de encobrir o crime de lavagem de dinheiro.

Os promotores paulistas suspeitam que a empreiteira OAS, que assumiu a obra com a falência da Cooperativa Habitacional dos Bancários de São Paulo (Bancoop), reservou o imóvel para o ex-presidente Lula e sua família.

Declaração de bens

Quando foi reeleito, em 2006, o então presidente Lula apresentou na declaração de bens uma cota de um projeto da Bancoop em construção no Guarujá, no valor de R$ 47.695.

Em nota publicada no dia 23, o Instituto Lula afirmou que os advogados do ex-presidente examinam as "medidas que serão tomadas diante da conduta irregular e arbitrária do promotor Cássio Conserino. O promotor violou a lei e até o bom senso ao anunciar, pela imprensa, que apresentará denúncia contra o ex-presidente Lula e sua esposa, Marisa Letícia, antes mesmo de ouvi-los. E já antecipou que irá chamá-los a depor apenas para cumprir uma formalidade".

"Ao contrário do que acusa o promotor – sem apresentar provas e sem ouvir o contraditório – o ex-presidente Lula e sua esposa jamais ocultaram que esta possui cota de um empreendimento em Guarujá, adquirida da extinta Bancoop e que foi declarada à Receita Federal. O capital investido nesta cota pode ser restituído ao comprador ou usado como parte na aquisição de um imóvel no empreendimento", afirma a nota.

"Nem Lula nem dona Marisa têm relação direta ou indireta com a transferência dos projetos da extinta Bancoop para empresas incorporadoras (que são várias, e não apenas a OAS). Não há, portanto, crime de ocultação de patrimônio, muito menos de lavagem de dinheiro. Há apenas mais uma acusação leviana contra Lula e sua família", diz a nota do Instituto Lula.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Vítima tem pertences roubados por assaltante armado com faca
DOURADOS
Vítima tem pertences roubados por assaltante armado com faca
Professores dão dicas para o segundo dia de provas do Enem
BRASIL
Professores dão dicas para o segundo dia de provas do Enem
Homem morre no HV dias após ser baleado na fronteira
DOURADOS
Homem morre no HV dias após ser baleado na fronteira
Governo divulga decreto com regras para o Bolsa-Atleta e Bolsa-Técnico
ESTADO
Governo divulga decreto com regras para o Bolsa-Atleta e Bolsa-Técnico
TRÂNSITO
Detran-MS lança novo sistema de Registro de Veículos em Estoque nesta quarta
FUTEBOL
Vasco visita Bragantino para tentar se afastar do Z-4 no brasileiro
LOTERIA
Mega-Sena pode pagar hoje R$17 milhões a quem acertar as 6 dezenas
ECONOMIA
Nascidos em setembro podem sacar auxílio emergencial a partir desta quarta
SAÚDE & BEM - ESTAR
Por quê pessoas com diabetes precisam de acompanhamento oftalmológico?
MERCADO DE TRABALHO
Funtrab está com vagas com salários de R$ 3 mil nas áreas de farmácia e logística

Mais Lidas

DOURADOS
Promotor vê preconceito em comentários contra vacina para índios e denuncia à PF
DOURADOS
Mulher é presa acusada de dar cobertura para assaltantes que rendiam família
DOURADOS
Em ação conjunta, polícia deflagra operação para investigar crimes
TRAGÉDIA
Casal morre após caminhonete colidir contra carreta na BR- 163