segunda, 22 de abril de 2024
Dourados
24ºC
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397
POLÍTICA

Projeto proíbe políticos de serem remunerados por conteúdo relacionado ao mandato

02 abril 2024 - 13h54Por Agência Câmara de Notícias

O Projeto de Lei 672/24 proíbe que políticos sejam remunerados pela divulgação de conteúdos, como publicações em redes sociais, incluindo áudio e vídeo, relacionados ao exercício do mandato ou produzidos com recursos públicos. A Câmara dos Deputados analisa a proposta.

A vedação à monetização de conteúdo relacionado à função pública se aplica a todos os cargos do Legislativo (vereadores, deputados e senadores) e do Executivo (prefeitos, governadores, presidente da República e seus respectivos vices).

O político que descumprir a medida, segundo a proposta, será punido por infração ética-disciplinar, sem prejuízo de outras sanções previstas em lei ou normas próprias.

O infrator será ainda obrigado a devolver ao Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT) o triplo do valor arrecadado com a remuneração do conteúdo.

A proposta foi apresentada pelos deputados Chico Alencar e Tarcísio Motta, ambos do Psol do Rio de Janeiro. Eles dizem que o objetivo é impedir o uso do exercício do mandato eletivo como produto final para geração de lucro através da monetização da própria função política.

“O problema de monetizar vídeos e outros ‘produtos’ do exercício do mandato eletivo não é o dinheiro propriamente dito, mas o fato de que o mandatário passaria a obedecer a uma lógica de mercado em sua atuação, guiando por atos e comportamentos que têm mais potencial de audiência e engajamento e não pelo interesse público”, argumentam os autores na justificativa do projeto.

Próximos Passos

A proposta será analisada, em caráter conclusivo, pelas comissões de Administração e Serviço Público; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Deixe seu Comentário

Leia Também

INTERNACIONAL

Oposição no Equador vê derrota de presidente Noboa em referendo

BOXE

Brasil fatura 2 ouros e 3 pratas em 1º evento da Word Boxing

POLÍTICA

Gilmar Mendes determina conciliação em ações sobre marco temporal

Laboratório em campus do IFMS produz materiais para inclusão e acessibilidade
EDUCAÇÃO

Laboratório em campus do IFMS produz materiais para inclusão e acessibilidade

NOVA LEI

Estudo aponta desafios da abertura do mercado de gás natural no Brasil

POLÍTICA

Indígenas prometem seguir lutando por demarcação de terras

MUNDO NOVO

Mestrado em Biodiversidade e Sustentabilidade Ambiental abre inscrições

ECONOMIA

Não houve invasão externa em sistema do Tesouro, diz Haddad

COTAÇÃO

Dólar cai para R$ 5,16 à espera de dados nos Estados Unidos

JUSTIÇA

Ministra mantém indenização de Deltan a Lula por caso de powerpoint

Mais Lidas

CAMPEONATO ESTADUAL

Operário domina partida, vence o DAC por 3 a 1 e conquista o título Estadual

DOURADOS

Jovem morre a caminho de hospital após ser atingido por facada no abdômen

CAPITAL

Trabalhadores que faziam serviço tapa-buraco são atropelados

FUTEBOL

Sem o título, Dourados perde ainda duas vagas para competições nacionais