Menu
Busca segunda, 21 de junho de 2021
(67) 99257-3397

Produtores rurais fecham Banco do Brasil em Mundo Novo

26 abril 2006 - 17h38

Nesta quarta-feira centenas de produtores rurais dos cinco municípios que foram prejudicados com a febre aftosa (Japorã, Mundo Novo, Iguatemi, Eldorado e Itaquiraí), estiveram fechando o Banco do Brasil de Mundo Novo, impedindo o funcionamento do banco e interditaram duas ruas que dão acesso a agência bancária. O movimento que está sendo liderado por Líderes do sindicato rural e associações, foi realizado com exposição de várias faixas solicitando agilidade e cumprimento das metas prometidas.Com esta manifestação os produtores busca resolver algumas questões e negociações que foram feitas com o grupo GTI e Banco do Brasil, como: Prorrogação de dívidas nos conforme dos acertos e combinado com o grupo ministerial GTI e do Banco do Brasil; pagamento da Bolsa Leite dos meses de fevereiro, março e abril de imediato; que a agência do Banco do Brasil facilite a abertura de conta poupança para as pessoas que têm dificuldade ou por outros motivos, ou fazer o pagamento destas pessoas nos caixas; solicitaram ao Governo que continue o Bolsa Leite até os produtores receberem os primeiros pagamentos dos laticínios e para quem teve o gado abatido que continue recebendo o Bolsa Leite até 30 de dezembro deste ano sem atraso no pagamento e finalmente solicitam a liberação do IAGRO para a comercialização dos produtos derivados de leite resfriado para o Paraná.Para resolver esta situação uma comissão representando os produtores se reuniu  com o gerente do Banco do Brasil de Mundo Novo, Tomaz Barros e gerente de Contas, Maurivan Carranza. E em entrevista ao jornal O Liberal, os gerentes relataram que se comprometeram e já enviaram para a superintendência do Banco em Campo Grande, para que seja levada ao conhecimento do governo do Estado e Governo Federal a pauta de reivindicações. O gerente de Contas disse que assim que chegar a normatização publicada com o pedido de renegociação de dívidas, o banco irá imediatamente atende-los. Em relação ao pagamento do Bolsa Leite, relataram que a agência de Mundo Novo não tem como fazer nada, enquanto não for enviado na agência a verba e a listagem contendo os nomes das pessoas beneficiadas pelo Bolsa Leite. Além disso, a continuidade do Benefício Bolsa Leite não depende do Banco do Brasil e sim do governo Federal e Estadual.Segundo os produtores enquanto não for apresentada uma resolução sensata para os produtores, estes permanecerão impedindo o atendimento do banco, para garantir que sejam respeitadas as reivindicações que são necessárias.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Inscrições para o Festival de Música Rádio MEC 2021 terminam hoje
CULTURA
Inscrições para o Festival de Música Rádio MEC 2021 terminam hoje
Agehab explica os programas de regularização de isenções fiscais em Dourados
TV DOURADOS NEWS
Agehab explica os programas de regularização de isenções fiscais em Dourados
Inverno promete pouca chuva, temperaturas acima da média e eventos de geada
CLIMA
Inverno promete pouca chuva, temperaturas acima da média e eventos de geada
MEIO AMBIENTE
Nova espécie de sapo é descoberta na Mata Atlântica
ESPORTES
Filipe Toledo supera Medina na final e fatura título do Surf Ranch Pro
TRÁFICO DE DRGOAS
Adolescentes são apreendidos com 40 tabletes de maconha em cidade de MS
FUTEBOL
Athletico-PR vira para cima do Atlético-GO e lidera o Brasileirão
SISTEMA DE SAÚDE
Três pacientes aguardam por leitos de UTI Covid em Dourados
IMUNIZAÇÃO
Brasil recebe lote de vacinas da Pfizer pelo consórcio Covax Facility
ESPORTES
Liga das Nações: Brasil termina 1ª fase com vitória e enfrenta Japão

Mais Lidas

ASSASSINATO
Investigações apontam que mulher foi atraída para o local do crime por proposta de trabalho
VIVAL DOS IPÊS
Com suspeita de latrocínio, mulher é encontrada morta em Dourados
LAGUNA CARAPÃ
Veículo de mulher morta em Dourados é encontrado
REGIÃO
Preso, motorista de Corolla que matou moto entregador nega "racha"