Menu
Busca sexta, 30 de outubro de 2020
(67) 99659-5905
BRASIL

Presidente Jair Bolsonaro está sem febre ou dor após cirurgia

25 setembro 2020 - 11h21Por Agência Brasil

Após passar por cirurgia para retirada de cálculo na bexiga, o presidente Jair Bolsonaro está clinicamente estável, sem febre e sem dor. A intervenção foi realizada na manhã de hoje (25) no Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo.

De acordo com o boletim médico, o cálculo foi totalmente removido. O procedimento, cistolitotripsia endoscópica a laser, foi realizado sem intercorrências e teve duração de uma hora e meia.

O boletim é assinado pelo cardiologista Leandro Santini Echenique, pelo urologista Leonardo Lima Borges e pelo diretor-superintendente do hospital Miguel Cendoroglo.

Bolsonaro foi diagnosticado com cálculo no fim de agosto, após ser submetido a ultrassonografia no departamento médico do Palácio do Planalto.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
Município aprova projeto de biossegurança de mais uma unidade de ensino
BRASIL
Banco Mundial aprova empréstimo de US$ 1 bi para ampliar Bolsa Família
REGIÃO
Bombeiros encontram corpo de mulher desaparecida em rio há uma semana
MATO GROSSO DO SUL
Decreto Legislativo ratifica convênios, protocolos e ajustes do Confaz
ECONOMIA
MS é o 5º maior gerador de empregos do país no acumulado de 2020
INTERNACIONAL
Total de mortos por terremoto em regiões da Turquia pode passar de seis
OPINIÃO
Coronavírus cancela o Carnaval
REGIÃO
Após homem ameaçar irmã, polícia apreende espingarda e munições em assentamento
ÁGUA BONITA
Agehab ganha prêmio com projeto de autoconstrução em aldeia
DIVISAS INTEGRADAS
Operação articula MS e mais três Estado no combate ao crime organizado

Mais Lidas

PANDEMIA
Menino de 5 anos é a primeira criança a morrer de coronavírus em MS
BRASIL
Acusado de matar ator Rafael Miguel e os pais é preso no Paraná
VILA VARGAS
Hotéis em distrito de Dourados eram utilizados como entreposto do contrabando
DOURADOS
Funcionário do CCZ é agredido a pauladas durante trabalho de fiscalização