Menu
Busca sábado, 04 de abril de 2020
(67) 9860-3221

Presidente da CBF recebe pensão vitalícia do governo, diz jornal

26 dezembro 2012 - 16h15

Cerca de 266 ex-deputados ou dependentes recebem pensão vitalícia da assembleia legislativa que variam de R$ 7.515 a R$ 18.725 pagos pelo governo do Estado de São Paulo, informou o jornal O Estado de S.Paulo nesta quarta-feira. Dentre os beneficiários estão dois ex-ministros, um ex-governador, um conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE), uma viúva de governador, a madrasta de um senador e até o presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). O Estado gasta cerca de R$ 33 milhões anuais com as pensões.

Segundo o jornal, a pensão vitalícia foi insituída em 1976 e encerrada em 1991, mas aqueles que contribuíram com ela têm os direitos preservados. Dentre os beneficiários ilustres estão o presidente da CBF, José Maria Marin, pois já foi deputado estadual em duas ocasiões; a madrasta do senador Aloysio Nunes (PSDB), que herdou o valor do pai do senador e o ex-governador Alberto Goldman (PSDB).

Deixe seu Comentário

Leia Também

LOTERIA
Mega-Sena pode pagar R$ 1,8 milhão hoje
CHOCOLATE E PEIXES
Pesquisa mostra aumento nos produtos para a Páscoa em Dourados
COXIM
Homem vai andando até avenida para buscar ajuda após ser baleado
CLIMA
Dia começa com céu limpo e temperatura amena em Dourados
NEGÓCIOS & CIA
Como a SFT Imobiliária se mantém produtiva neste período desafiador
Educação
Cursos profissionalizantes oferecidos em abril em dourados
CAPITAL
Polícia localiza jovem que estava desaparecida desde quarta-feira
POLÍTICA
'Médico não abandona paciente', diz Mandetta sobre eventual demissão
CAPITAL
Mulher vê filha ser estuprada pelo avô que também a violentou quando criança
COVID-19
Saúde de MS recebe seis mil testes rápidos para diagnóstico do coronavírus

Mais Lidas

DOURADOS
Exame de jovem que morreu no HU testa negativo para coronavírus
COVID-19
Dourados tem mais um caso confirmado de coronavírus
DOURADOS
Jovem morre no HU e município pede agilidade no resultado do exame de coronavírus
CORONAVÍRUS
Dourados registra mais dois casos de Covid-19 e MS tem 60 confirmações