Menu
Busca quinta, 04 de março de 2021
(67) 99257-3397

Presidente da CBF admite adaptar calendário brasileiro ao europeu

05 agosto 2009 - 15h35

O presidente da CBF, Ricardo Teixeira, admitiu em entrevista ao jornal “O Globo”, que o calendário do futebol brasileiro pode se adaptar ao europeu. Segundo o dirigente, já está na hora de começar o debate para que esta mudança aconteça o mais rapidamente possível.

O dirigente diz ainda que Campeonato Brasileiro sairia beneficiado com essa possível mudança, deixando de ser prejudicado com a janela do mercado para o exterior no meio do ano, que permite o êxodo de jogadores durante a competição.

Na Europa, as competições nacionais começam ao longo do mês de agosto e terminam em maio, com as férias no meio do ano. No Brasil, as competições regionais iniciam por volta de janeiro, terminam no início de maio, onde logo em seguida começa o Brasileirão, que vai até o início de dezembro.

Para Teixeira, o possível novo calendário valorizaria a Copa do Brasil, fazendo com que a competição pudesse contar com todos os clubes, inclusive os que disputam a Libertadores. Segundo o dirigente, há muita resistência em relação à mudança.

- O grande problema para alterarmos o calendário é a falta de unidade. Nem todo mundo é a favor. O São Paulo, por exemplo, é contra, enquanto outros clubes são a favor. Temos que ouvir também os patrocinadores, sem falar nas federações. Como se vê, o assunto é complexo, não pode ser resolvido com uma canetada – disse Teixeira.

Participaram também da entrevista o técnico da seleção brasileira, Dunga, o presidente da Comissão nacional de Arbitragem, Sérgio Correa, Comitê Organizador da Copa de 2014, Joana Havelange, e do diretor de competições, Virgílio Elíseo.

Saída de jogadores

Além do assunto calendário, a fuga de jogadores também foi abordada pelos entrevistados. Para Dunga, o ideal seria que o jogador só saísse do país depois dos 24 anos de idade.

- O garoto que vai embora com 17 anos dificilmente vai jogar. No máximo quatro ou cinco partidas por temporada - disse o treinador.

Apostas e arbitragem

Ainda segundo a reportagem de “O Globo”, a CBF decidiu contratar um empresa europeia que vai monitorar as apostas em todo o mundo envolvendo jogos de competições da CBF a partir da próxima temporada.

Os constantes erros de arbitragem desgastam Sérgio Correa, dirigente responsável pela arbitragem das competições. Ele admite que ainda há muito por fazer para padronizar a atitude dos árbitros no Brasil.

- Leva tempo, mas estamos trabalhando para isso. Em 2012, podem me cobrar uma melhora significativa – disse ele.

Ricardo Teixeira disse ainda que espera inaugurar a nova sede da CBF, em um terreno no Recreio, Zona Oeste do Rio de Janeiro, em dezembro de 2012. Apesar disso, o dirigente diz que a Granja Comary não será abandonada.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TECNOLOGIA
WhatsApp adiciona recurso de chamadas de voz e vídeo em versão desktop
Dourados tem dois alertas para chuvas intensas com risco de danos
CLIMA
Dourados tem dois alertas para chuvas intensas com risco de danos
Reinaldo decreta luto oficial de três dias pela morte do coronel Adib Massad
CAMPO GRANDE
Reinaldo decreta luto oficial de três dias pela morte do coronel Adib Massad
Homem é preso transportando pacotes de skunk em fundo falso de carro
NOVA ANDRADINA
Homem é preso transportando pacotes de skunk em fundo falso de carro
LEGISLATIVO DE MS
Projeto que pune 'fura-fila' de vacina é aprovado na Assembleia de MS
PANDEMIA 
MS se aproxima de 700 hospitalizados por coronavírus e UTI's/SUS estão lotadas
CULTURA
Intervenções urbanas de música serão realizadas na Praça Antônio João
BRASIL
PF desarticula grupo especializado em tráfico internacional de drogas
REGIÃO
Três são detidos e polícia desarticula rede de comércio de drogas em cidade de MS
PANDEMIA
MS é o estado que mais aplicou as duas doses da vacina contra a Covid-19

Mais Lidas

DOURADOS 
Vídeo mostra momento da colisão entre veículos em Dourados
NOVA DOURADOS
Colisão entre veículos deixa pessoa gravemente ferida em Dourados
PANDEMIA 
Secretário alerta para nova variante do coronavírus na região da Grande Dourados
TRAGÉDIA
Douradense que morreu em acidente no interior de SP tinha 58 anos