Menu
Busca quarta, 25 de novembro de 2020
(67) 99659-5905
IMUNIZAÇÂO

Bolsonaro diz que vacina contra Covid não será obrigatória

19 outubro 2020 - 19h50Por G 1

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta segunda-feira, dia 19 de outubro, que a vacinação contra a Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, não será obrigatória.

Bolsonaro afirmou que cabe ao Ministério da Saúde definir o Programa Nacional de Imunização e que já está decidido que a nova vacina não estará entre as obrigatórias.

"Tem uma lei de 1975 que diz que cabe ao Ministério da Saúde o Programa Nacional de Imunização, ali incluídas possíveis vacinas obrigatórias. A vacina contra o Covid — como cabe ao Ministério da Saúde definir esta questão — ela não será obrigatória", disse Bolsonaro durante cerimônia no Palácio do Planalto para apresentação de pesquisa sobre um medicamento.

Bolsonaro disse que qualquer vacina precisa ter comprovação científica e ser aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e que não fará isso "a toque de caixa".

Segundo o presidente, não se pode, por exemplo, obrigar quem já teve a doença e está imunizado a tomar a vacina.

"Então, o governo federal, repito e termino, não obrigará ninguém a tomar esta vacina", afirmou.

Recado a Doria

Sem citar o nome do governador de São Paulo, João Doria (PSDB), Bolsonaro disse que quem está propagando que a vacina será obrigatória não está pensando na saúde ou na vida do próximo.

"Quem está propagando isso aí, com toda certeza é uma pessoa que pode estar pensando em tudo, menos na saúde ou na vida do próximo", disse o presidente.

Na sexta-feira (16), o governador de São Paulo disse que a vacina contra o novo coronavírus será obrigatória no estado, exceto se o cidadão tiver uma orientação médica contrária.

Segundo o governador, João Doria, serão adotadas "medidas legais" em relação a quem se recusar.

"Em São Paulo, a vacinação será obrigatória, exceto se o cidadão tiver uma orientação ou atestado médico de que não possa tomar a vacina. Adotaremos medidas legais se houver alguma contrariedade nesse sentido. Não é possível em uma pandemia vacinar alguns e não vacinar outros. Enquanto tivermos pessoas não vacinadas em larga escala, teremos a presença do vírus", declarou o governador.

Bolsonaro também disse que a pessoa a quem se referia está "levando o terror perante a opinião pública".

"Vai obrigar essa pessoa a tomar essa vacina que, inclusive, por parte desta, custa mais de US$ 10? Por outro lado, do nosso lado, custa menos de US$ 4. Não quero acusar ninguém de nada aqui, mas essa pessoa está se arvorando e levando terror perante a opinião pública", disse o presidente.

Lei permite obrigatoriedade

Em setembro, Bolsonaro já havia afirmado que "ninguém pode obrigar ninguém a tomar vacina".

Mas lei assinada pelo próprio Bolsonaro em 6 de fevereiro admite a possibilidade de o governo estabelecer a obrigatoriedade.

A lei 13.979 diz que poderá ser adotada para enfrentamento da emergência de saúde pública de importância internacional decorrente do coronavírus “a realização compulsória de vacinação e outras medidas profiláticas”.

Na ocasião, a fala de Bolsonaro gerou reações entre médicos, infectologistas e constitucionalistas e na Organização Mundial de Saúde (OMS).

Para eles, desestimular a vacinação é inconstitucional e pode trazer graves prejuízos ao combate à pandemia e outras doenças.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Agronegócio vê clima favorável para desenvolvimento da soja em MS
ESTADO
Agronegócio vê clima favorável para desenvolvimento da soja em MS
Homem é morto a tiros após briga causada por cachorro
PONTA PORÃ
Homem é morto a tiros após briga causada por cachorro
Entreposto da droga é fechado após adolescente ser flagrado com entorpecente
DOURADOS 
Entreposto da droga é fechado após adolescente ser flagrado com entorpecente
LEGISLATIVO DE MS
Deputados devem votar cinco propostas na Ordem do Dia desta quarta-feira
EDUCAÇÃO
Candidatos infectados por covid-19 terão nova chance de fazer Enem
INFORME PUBLICITÁRIO
Restaurante Máximo's, higiene e qualidade acima de tudo
CAMPO GRANDE
Homem executado com três tiros na cabeça é identificado como "BMW do PCC"
TRÁFICO
Polícia encontra mais de 3,5t de maconha em caminhonete
DOURADOS
Trabalhos da comissão de transição começam oficialmente hoje
PARAGUAI
Polícia destrói plantações de maconha e 12 acampamentos do tráfico

Mais Lidas

VIOLÊNCIA
Mulher esfaqueia ex após discussão em hotel no Centro de Dourados
ENTERPRISE
Operação contra tráfico internacional de cocaína cumpre mandado de prisão em Dourados
CAPITAL
Funcionária de restaurante é presa em flagrante após furtar dinheiro do caixa
CRIME BÁRBARO
Suspeita de esquartejar e colocar corpo de namorado em malas se entrega à polícia