Menu
Busca domingo, 24 de outubro de 2021
(67) 99257-3397

Preço do pão dispara no Brasil com protestos na Argentina

28 março 2008 - 10h55

Entre os reflexos que os protestos contra o aumento dos impostos de exportação (retenções) na Argentina podem ter no Brasil, um já atingiu a mesa do brasileiro: o pão francês está mais caro e deve subir ainda mais até o fim do mês. O preço médio do pão em São Paulo, que era de R$ 5,50 o quilo, pulou para R$ 7,95 em vários bairros. Ou seja, o custo de um pãozinho de 50 gramas passou de R$ 0,27 para R$ 0,40 em duas semanas.


Isso ocorre porque a Argentina é um dos principais fornecedores de trigo para o Brasil. "Há dois meses, a saca de farinha de trigo custava R$ 48", diz o vice-presidente da Associação da Indústria de Panificação e Confeitaria de São Paulo, Manuel Alves Pereira. "Com o início dos protestos naquele país, a escassez do produto fez o preço da saca pular para R$ 80. Os panificadores são obrigados a repassar esse custo para o consumidor."
Pereira diz que a informação recebida dos moinhos é de que, caso os protestos argentinos continuem, o preço manterá a tendência de alta. Ele vai além: o produto pode até faltar. "Caso seja preciso trazer o trigo do Canadá, o preço da saca deve superar os R$ 100 facilmente", diz Pereira. Várias panificadoras já informaram à associação que as vendas têm caído. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TST considera fraudulento contrato de jogador e reconhece natureza salarial do direito de imagem
BRASIL
TST considera fraudulento contrato de jogador e reconhece natureza salarial do direito de imagem
LAVA JATO
Justiça Eleitoral vai julgar ação sobre empréstimo de R$ 12 milhões ao banco Schahin
MUNDO
Biden e Macron discutem defesa europeia e se reunirão em Roma
Jovem é autuado pela PMA por maus-tratos a uma cadela Pit Bull
MS
Jovem é autuado pela PMA por maus-tratos a uma cadela Pit Bull
Ministra Cármen Lúcia suspende reintegração de posse em Rondônia
STF
Ministra Cármen Lúcia suspende reintegração de posse em Rondônia
RIO MIRANDA
Catarinenses são multados em R$ 1,8 mil por pesca predatória em Bonito
JUDICIÁRIO
STJ define retorno de sessões presenciais para fevereiro de 2022 e dia de eleição para ministros
CAPITAL
Presidente do TJMS recebe medalhão comemorativo aos 100 anos da Justiça Militar
ROTINA
Trabalho híbrido pode piorar qualidade do sono, diz pesquisador
DOURADOS
Estado licitará na próxima semana R$ 20 milhões para revitalizar Coronel Ponciano

Mais Lidas

TRÁFICO
Mortos em queda de helicóptero com cocaína na fronteira são identificados
PRESIDENTE VARGAS
Escola dispensa alunos em Dourados após mensagens de ameaças
DOURADOS
Print tirado de conversa entre alunos resultou em mal-entendido e levou pânico a escola
DOURADOS
Homem é removido de grupo de whats e procura a delegacia