Menu
Busca sexta, 04 de dezembro de 2020
(67) 99659-5905
OPERAÇÃO DUAS CARAS

PF desarticula quadrilha que furtava poupança de clientes da Caixa

15 setembro 2017 - 08h14

Equipes da Polícia Federal cumprem esta manhã mandados judiciais contra integrantes de um grupo criminoso com ações fraudulentas na Caixa Econômica Federal. São 56 mandados judiciais, sendo 23 de busca e apreensão, seis de prisão preventiva, sete de prisão temporária, seis de sequestro de bens e um mandado de suspensão do exercício da função pública.

A operação, chamada de Duas Caras, ocorre nos estados de Santa Catarina, do Paraná e da Paraíba. A investigação tem como alvo uma quadrilha que furtava dinheiro de contas poupança de clientes do banco. O grupo criminoso contava com a ajuda de um funcionário da Caixa.

De acordo com a PF, entre os crimes estão furto qualificado, estelionato qualificado, peculato, que é quando um funcionário público se apropria de valor ou bem público, uso de documento falso, falsificação de documento público e associação criminosa.

A quadrilha, segundo a PF, contava com a cumplicidade de um funcionário da Caixa, que ajudava o grupo fornecendo informações de contas poupança de clientes com grandes valores e que não apresentava histórico de retiradas.

Com as informações, o líder solicitava a emissão de documentos falsos e complementava os demais dados necessários com outros participantes, que tinham acesso ao banco de dados. Em seguida, membros da quadrilha entravam em contato com a central de cartões da Caixa e, se passando por clientes, informavam a falsa perda do cartão para gerar outro.

A partir daí, os cartões eram retirados nos Correios também com o uso de documentos falsos. De posse dos cartões, os investigados sacavam dinheiro nos caixas eletrônicos, faziam compras em débito automático e transferências até zerar a poupança da vítima.

De acordo com a PF, o nome da operação, Duas Caras, é uma referência à atuação do funcionário da Caixa ligado à quadrilha.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia prende 12 pessoas suspeitas de envolvimento com o crime organizado
RIO BRILHANTE
Polícia prende 12 pessoas suspeitas de envolvimento com o crime organizado
Acusada de falsificar documentos usados por Ronaldinho segue foragida há oito meses
PARAGUAI
Acusada de falsificar documentos usados por Ronaldinho segue foragida há oito meses
Meia maratona de Bonito acontece neste final de semana
PEDESTRIANISMO
Meia maratona de Bonito acontece neste final de semana
FUTEBOL
Estádio San Paolo do Napoli é rebatizado em homenagem a Maradona
CCZ contará com dois pontos de vacinação de cães e gatos no sábado
DOURADOS
CCZ contará com dois pontos de vacinação de cães e gatos no sábado
CÂMARA DOS DEPUTADOS
Projeto inclui matéria sobre violência doméstica em formação de agentes de segurança
ECONOMIA
Captação da poupança cai pela primeira vez desde janeiro
EDITAL DE CONVOCAÇÃO
Associação de apoiadores do Hospital de Amor de Dourados
ECONOMIA
Exportações de MS somam US$ 5,4 bilhões de janeiro a novembro
MAUS-TRATOS
Mulher é acusada de deixar cachorro sem água e ração por dias

Mais Lidas

POLÍCIA
Homem é encontrado morto em ponte próximo à Vila Cachoeirinha 
CAARAPÓ
Jovem que matou companheira com mata-leão é autuado em flagrante por homicídio doloso
ACIDENTE
Rodas de carreta se soltam e atingem mulher na calçada em Amambai
DOURADOS
Corpo encontrado na pedreira é de homem desaparecido há quatro dias