Menu
Busca quinta, 02 de abril de 2020
(67) 9860-3221

Pesquisa espanhola mostra 10% de taxa HIV em prisões na Espanha

19 janeiro 2013 - 17h41

A pesquisa espanhola “Estúdio multicéntrico de Prevalência de Infección por el VIH y factores asociados en las prisiones de Espana” determinou a prevalência e fatores associados à infecção pelo HIV em presos na Espanha.

Os pesquisadores analisaram 371 prisioneiros do sexo masculino e, através do estudo, observaram que a prevalência da infecção era de 10,8% e os infectados, em sua maioria, tinham mais de 40 anos e eram usuários de drogas injetáveis. Além disso, eles observaram que 85% dos prisioneiros eram co-infectados com HCV e 12,5% com HBV e HCV.

O estudo é da Revista Española de Sanidad Penitenciaria e os seus autores são Marco A., Saiz de la Hoya P., García-Guerrero J. e Grupo PREVALHEP.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAPITAL
Rapaz é espancado por trio após ser acusado de ‘ficar’ com adolescente
JUDICIÁRIO
STF dá 48 horas para Bolsonaro listar ações tomadas contra a Covid-19
CAMPO GRANDE
Polícia resgata duas pessoas que ficaram presas em carro sob forte sol
SOLIDARIEDADE
Campanha Online da UEMS irá ajudar alunos durante a Covid-19
COXIM
Socorrida por bombeiros, mulher arromba armário e furta morfina de hospital
MEIO AMBIENTE
Ambiental captura jiboia com mais de dois metros em residência de Coxim
RECURSOS
MPT destinou R$ 124 milhões para prevenção e combate à Covid-19
BENEFÍCIO
UFGD mantém assistência a estudantes durante suspensão do calendário
CORONAVÍRUS
Câmara aprova projeto de lei que libera remédios sem aval da Anvisa
DOURADINA
Polícia apreende meia tonelada de agrotóxicos na região da Grande Dourados

Mais Lidas

REGIÃO
Ex-assessor de Mandetta é encontrado morto em apartamento na Capital
COVID-19
Primeiro óbito por coronavírus do Estado é registrado em Dourados
NOVA ANDRADINA
Hospital confirma três profissionais com coronavírus em unidade que atendeu idosa
BOLETIM DA SES
Dourados registra mais um caso de coronavírus e MS tem 51 confirmações