Menu
Busca sexta, 15 de outubro de 2021
(67) 99257-3397
CONGRESSO NACIONAL

Parlamento Amazônico será reativado no próximo dia 21

30 novembro 2020 - 14h49Por Da Redação

O presidente da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional (CRE), senador Nelsinho Trad (PSD/MS), promoveu a primeira reunião  estratégica para debater a reativação do Parlamento Amazônico (Parlamaz), que está sem atividades há quase nove anos, e já conquistou apoio para colocá-lo em funcionamento. “No próximo dia 21 de dezembro, às 10h de Brasília, vamos já estabelecer a composição da nova diretoria e o plano de trabalho”, destacou o senador Nelsinho Trad.

Com a presença de parlamentares da Bolívia, Colômbia, Equador, Guiana, Peru e de embaixadores da Suriname e Venezuela, o grupo fechou o acordo de reativação do Parlamaz. “Trata-se de uma iniciativa bastante importante. A Amazônia, pelo que representa para nós e para o mundo, não irá mais sair de pauta. E o Parlamaz certamente terá papel de destaque nessa agenda”, destacou o senador Nelsinho Trad.

A proposta de reativar o Parlamaz, segundo o senador Nelsinho Trad, surgiu em reunião de trabalho na Embaixada do Equador, em dezembro do ano passado. “Participaram daquele encontro representantes de todos esses países, e eu saí de lá com a incumbência de trabalhar pelo renascimento do Parlamaz. Fico feliz porque estamos aqui, hoje, para esta retomada que pode ser chamada de histórica!”, disse, em seu discurso, o senador Nelsinho Trad. 

Para a secretária Geral da Organização do Tratado de Cooperação Amazônica (OTCA), Maria Alexandra Moreira, é a oportunidade de realmente se cuidar da Amazônia Legal. “Teremos o fortalecimento local e a redução de ilegalidade”, enfatizou.

O diretor executivo da OTCA, o embaixador Carlos Alfredo Lazary Teixeira, parabenizou a iniciativa do senador Nelsinho Trad. “É importante essa ação política para debater o plano sustentável da Amazônia”, afirmou.

Dos oito países, parlamentares de seis estiveram presentes online. Os parlamentares da Venezuela não conseguiram acesso por conta da conexão na internet. O presidente da Câmara dos Deputados da Colômbia, German Alcides Blanco, manifestou a necessidade do Parlamaz para cuidar da economia dos países envolvidos pela Amazônia. O senador da Bolívia, Adolfo Mendoza, apoia a ideia. “Teremos uma cooperação necessária, comprometida. Vou participar e, também, haverá a relação de nossos parlamentares da Bolívia”, enfatizou o senador Mendoza.

O senador da Colômbia, Jorge Guevara, também se comprometeu com a reativação do Parlamaz. “Entendo que esse parlamento tem enorme importância e responsabilidade e estamos dispostos a colaborar e cumprir os acordos que forem feitos para reestabelecer esse processo tão importante para a Amazônia Legal”, disse.

Segundo o presidente da Comissão de Relações Exteriores (CRE) do Peru, senador Gilmar Trupillo, é o momento de união pela Amazônia. “Que a paz possa reinar”, respondeu o senador Nelsinho Trad, convocando o presidente da Comissão de Relações Exteriores do Equador, senador Fernando Flores.

Todos os participantes enfatizaram que os países envolvidos com o Parlamaz têm o dever de proteger a Amazônia Legal. A embaixadora da Venezuela, Maria Teresa Belandria, relatou que as autoridades da Venezuela estão preocupadas com o tema, mas a tecnologia do país impediu a participação de parlamentares. “Temos a pior internet do mundo e não conseguiram conexão”, disse.

Para o próximo encontro, o senador Nelsinho Trad espera pela presença de todos com a reativação do Parlamaz. “Concordam? Não havendo nenhuma manifestação contrária, teremos a reunião restrita somente aos parlamentares. O nosso partido será somente a Amazônia. Deus colocou em nossos territórios a maior riqueza, vamos preservá-la.”
 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Prefeito paraguaio diz que 'polícia encobre o autor de chacina
FRONTEIRA
Prefeito paraguaio diz que 'polícia encobre o autor de chacina
'LOREM IPSUM'
Governo Bolsonaro faz post sem conteúdo sobre mil dias de gestão
PMA recolhe filhotes de beija-flor que caíram com ninho durante ventania
MEIO AMBIENTE
PMA recolhe filhotes de beija-flor que caíram com ninho durante ventania
CORTE DE VERBA
Bolsonaro sanciona lei que retira mais de R$ 600 milhões da ciência
Prefeitura de Naviraí interdita ponte por conta de risco de desabamento
REGIÃO
Prefeitura de Naviraí interdita ponte por conta de risco de desabamento
CULTURA
Festival de dança valoriza a melhor idade e promove a confraternização
VIOLÊNCIA
Diretor-adjunto é condenado por estuprar criança de 10 anos em escola
DOURADOS
Incubadoras da UFGD selecionam propostas de novos empreendimentos
CAPITAL
Ao se negar entregar celular a ladrão, menina de 12 anos é esganada
VACINA
Saúde reduz intervalo da AstraZeneca de 12 para 8 semanas

Mais Lidas

DOURADOS
Polícia indicia três e recupera R$ 32 milhões de golpe milionário em empresa
FRONTEIRA
"Olheiro" de vítimas da chacina em Pedro Juan é preso
VIOLÊNCIA
Ataque na fronteira deixa um morto e dois feridos, entre eles vereador
CLIMA
Chuva e ventos fortes derrubam árvores em Dourados e causam estragos em posto da PRF