Menu
Busca sábado, 04 de julho de 2020
(67) 99659-5905
INTERNACIONAL

Papa Francisco cancela compromissos públicos pelo 3º dia consecutivo

29 fevereiro 2020 - 18h20Por Agência Brasil

O papa Francisco cancelou hoje (29) os compromissos públicos oficiais pelo terceiro dia consecutivo alegando uma "ligeira indisposição", segundo informação do Vaticano.

O chefe da igreja católica, de 83 anos, que retirou parte de um pulmão devido a uma doença respiratória na juventude, nunca cancelou tantas audiências oficiais e eventos durante os sete anos que já leva o seu pontificado.

De acordo com o gabinete de imprensa do Vaticano, o papa vai continuar trabalhando na residência de Santa Marta e recebendo pessoas reservadamente.

Durante a manhã de hoje, ele recebeu o chefe do gabinete dos bispos do Vaticano, o arcebispo da Ucrânia e os embaixadores do Líbano e da França.

Foram canceladas duas audiências oficiais no Palácio Apostólico, uma com uma organização internacional de bioética e outra com membros da ordem religiosa Legião de Cristo.

Na segunda-feira, Francisco deverá deixar o Vaticano, juntamente com funcionários da Santa Sé, para uma semana de exercícios espirituais no campo, no habitual retiro anual de início da Quaresma.

Tosse
O papa apareceu pela última vez em público na quarta-feira, quando foi visto tossindo e assoando durante a missa de Quarta-Feira de Cinzas, levantando suspeitas de que padece de uma constipação (alteração do trânsito intestinal, gerando retenção das fezes ou dificuldade na sua evacuação; prisão de ventre, copróstase, coprostasia.)

No dia seguinte, cancelou uma missa e, na sexta-feira, a audiência com os participantes de uma conferência sobre inteligência artificial no Vaticano.

O Vaticano esclareceu que o papa celebrou missa todas as manhãs, tendo recebido cumprimentos dos fiéis no final e passando depois o resto dos dias trabalhando.

A natureza da doença do papa não foi revelada, com o Vaticano dizendo apenas que ele teve "uma ligeira indisposição".

A doença de Francisco surge quando a Itália está em alerta máximo por causa da epidemia do coronavírus, que já afetou mais de 800 pessoas, a maioria no norte do país.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Consumidor poderá tirar dúvidas sobre valor cobrado na conta de luz
BRASIL
Decotelli atualiza o currículo e diz que foi ministro da Educação por seis dias
MS
Mais de 6,8 mil materiais produzidos nas mãos de reeducandos garantem maior proteção em atendimentos no HR
ESPORTES
Partida entre Fluminense e Botafogo será transmitida em TV aberta
REGIÃO
PMA autua arrendatária de fazenda em R$ 9 mil por irregularidades com agrotóxicos
SAÚDE PÚBLICA
Macrorregião de Campo Grande já tem 73% do leitos de UTI disponíveis ocupados
ESPORTES
Projeto UEMS Karate JKA faz treinos ao vivo online durante pandemia
REGIÃO
Agepen dobra altura do muro do presídio de Caarapó para reforço na segurança
BRASIL
Rodrigo Maia defende importância de sindicatos
DOURADOS
Presidente da Câmara lamenta morte de secretário e pede esclarecimento dos fatos

Mais Lidas

PANDEMIA
Mulher morre de covid-19 logo após dar à luz em Dourados
DOURADOS
Decretos sobre aglomerações, igrejas e comércio terão mais 10 dias de vigência
CAMPO GRANDE
Jovem que estava desaparecida é encontrada morta
20 VEÍCULOS
"Bonde do contrabando" é apreendido abarrotado de produtos do Paraguai