Menu
Busca domingo, 31 de maio de 2020
(67) 99659-5905

Opinião: Associação Cultural e Esportiva Nipo-Brasileira de Dourados

06 fevereiro 2010 - 08h28

Torço do fundo do meu coração pelo sucesso do odontólogo Nobuo Yamashita, na presidência da Associação Cultural e Esportiva Nipo-Brasileira de Dourados. Primeiro, pela competência demonstrada por este respeitado profissional ao longo desses anos perante toda sociedade douradense.
Da mesma maneira que torci pelos seus antecessores, que deixaram um legado profícuo na manutenção dos costumes do povo vindo da terra do sol nascente, independente do grau de parentesco.
Aliás, é bom que se diga, a presidência do Nipo-Brasileiro vem sendo ocupada por personalidades respeitadas e que deixaram suas marcas cravadas nos murais históricos do clube.
Fruto, claro, de planejamentos desenvolvidos por cabeças pensantes dessa magnífica comunidade, homens e mulheres com pensamentos centrados na união e no fortalecimento do grupo.
Tenho orgulho em fazer parte desse grupo juntamente com a minha família e não tenho outro ponto a destacar a não ser de gratidão pela diretoria, dirigentes de departamentos, associados, voluntários e simpatizantes.
Todos focados na mesma direção, para continuar o equilíbrio decente de um dos mais importantes pontos sociais e turísticos de nossa cidade. Nesse momento é imprescindível o pensamento e ação de todos ou da grande maioria, no sentido de desenvolver projetos que possam servir de guarida para todos, independente de ser associado ou não.
Nessa linha, gostaria de enfatizar a responsabilidade que todos temos para auxiliar o doutor Nobuo nessa trajetória, pois agindo assim, chegaremos a bom termo, na medida em que não só os programas tradicionais são promovidos, mas e principalmente, aqueles que possam ser viabilizados.
Estou convicto na participação maciça da maioria nessa tarefa árdua, porém suportável quando se tem comprometimento igualitário. Que o respeito pelos idosos, a atenção com as crianças, jovens e adolescentes, possam manter saudável os adultos nipônicos e via de regra, brasileiros em geral.
Parabéns Nobuo Yamashita e sua diretoria (entrante) e Junji Miyakawa e sua diretoria (sainte) e que a filosofia viver é preciso perdure para sempre.

*Contabilista e um dos sócios do Nipo-Brasileiro

Deixe seu Comentário

Leia Também

DURANTE A PANDEMIA
Saiba quais foram as maiores lives musicais realizadas na internet
SOLIDARIEDADE
Ação de ONG leva roupas e itens de higiene para famílias de Campo Grande
BRASIL
Parques e igrejas de maior porte reabrem no DF na quarta-feira
CORRIDA ESPACIAL
SpaceX e Nasa lançam foguete com astronautas nos EUA
BRASIL
Cidade de São Paulo prorroga quarentena até 15 de junho
"RAÍZES"
Documentário sobre sacis filmado em MS tem estreia online em junho
EM MIRANDA
Mulher é estuprada após ser levada para quintal de residência
REDES SOCIAIS
Bolsonaro tira fotos sem máscara após ir a lanchonete em Goiás
NA CAPITAL
Criança fica ferida ao ser atropelada por moto em avenida de Campo Grande
RELAÇÕES INTERNACIONAIS
EUA anunciam mais US$ 6 mi para ajudar Brasil no combate à pandemia

Mais Lidas

DOURADOS
Protocolo é seguido e mulher vítima do coronavírus é enterrada sem despedida de familiares
PANDEMIA
Estado alerta que Dourados deve ser cidade com mais casos de Covid-19 na próxima semana
MAIORIA JOVENS
Vítima fatal da Covid-19 faz parte da faixa etária com mais casos da doença em Dourados
POLÍCIA
Homem encontrado morto sob a ponte do Calarge tinha 38 anos