Menu
Busca sábado, 15 de maio de 2021
(67) 99257-3397

OMC autoriza Brasil a impor sanções contra Estados Unidos

31 agosto 2004 - 21h21

A OMC (Organização Mundial do Comércio) autorizou hoje o Brasil e outros sete parceiros comerciais a aplicarem cerca de US$ 150 milhões em sanções contra os Estados Unidos porque o país mais rico do mundo não anulou suas leis antidumping já consideradas ilegais pela organização. A decisão da OMC permite aos países que entraram com a ação - Brasil, Canadá, Chile, União Européia, Índia, Japão, Coréia do Sul e México - a exigirem de volta até 72% do dinheiro retido pelos EUA em razão da emenda Byrd, que reverte para empresas exportadoras dos EUA o valor obtido com as multas aplicadas pelo país em casos de dumping. A emenda Byrd foi declarada ilegal em janeiro pela OMC em 2002. Em um comunicado conjunto, os países beneficiados pela decisão disseram que não irão aplicar as sanções, mas sim utilizar a decisão para tentar pressionar o Congresso americano a rever suas leis antidumping. No comunicado, no entanto, eles dizem que poderão "exercitar seu direitos retaliatórios no momento que for julgado apropriado". Segundo representantes do Departamento de Comércio dos EUA, a decisão não foi totalmente favorável aos autores da ação, já que esperavam obter o direito de elevar as tarifas de importação sobre produtos americanos no valor em que foram multados em 2003, em razão da "emenda Byrd".  porta-voz do departamento de Comércio, Christopher Padilla, disse em um comunicado que o Congresso americano irá trabalhar com a OMC de um modo que apóie os empregos e os trabalhadores americanos.Padilla disse que a decisão do órgão não afeta os poderes de Washington de impor multas aos países que praticarem dumping nos EUA, uma vez que a emenda Byrd dispõe apenas sobre a destinação dada às multas aplicadas aos países. A OMC deu prazo até o fim deste ano para que os EUA modifiquem suas leis antidumping, de acordo com a agência de notícias Associated Press.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAPITAL
Homem morre após bater motocicleta na traseira de caminhonete
Dourados vai receber recursos para ampliação de esgotamento sanitário
SAÚDE
Dourados vai receber recursos para ampliação de esgotamento sanitário
BATAGUASSU
Ex-marido descarrega revólver contra mulher que fica em estado grave
EDUCAÇÃO
Professores desenvolvem projeto que busca integrar Escola e Universidade
Jovem de 21 anos é autuada por incêndio em vegetação e resíduos
Jovem de 21 anos é autuada por incêndio em vegetação e resíduos
SAÚDE
Anvisa autoriza produto à base de cannabis em projeto com a Fiocruz
POLÍCIA
Suspeito de assassinar artista plástica em Campo Grande é morto pela polícia
Governo libera R$ 2,61 bilhões para as universidades federais
AQUIDAUANA
Quadrilha especializada em abigeato é presa enquanto dividia carcaça de vaca
REGIÃO
Barbosinha ressalta trabalho de Tereza Cristina ao prestigiar entrega de títulos

Mais Lidas

DOURADOS
Descontrolado, pastor xinga policiais por ser orientado a diminuir som de igreja
PESQUISA
Estudo confirma presença de dinossauros em Mato Grosso do Sul
ARTISTA
Desenhista de MS "consagrado" por Silvio Santos terá novo encontro com apresentador
CORONAVÍRUS
Murilo Zauith passa por reabilitação e segue internado em SP