Menu
Busca sexta, 16 de abril de 2021
(67) 99257-3397

Murilo faz pronunciamento em favor de produtores em Brasília

01 junho 2005 - 14h52

O deputado federal Murilo Zauith, presidente regional do PFL/MS fez um pronunciamento agora à pouco na tribuna da Câmara dos Deputados em Brasília onde elogiou os sindicatos rurais e os produtores de várias regiões do país que fizeram uma mobilização nacional.
Murilo disse que o Brasil é um país rural e o agronegócio é fundamental para o crescimento da economia brasileira. “O segundo item da pauta de exportações do nosso país provém do campo. O agronegócio detém um terço das nossas exportações, perdendo apenas para o minério de ferro e seus derivados”, afirmou o parlamentar.
Murilo falou sobre a grande mobilização dos produtores rurais e lembrou que em Mato Grosso do Sul o agronegócio é a principal atividade, sendo o Estado o maior produtor de carne bovina e o terceiro maior produtor de grãos do país.
Em seu pronunciamento, Murilo afirmou que a maior comprovação que o Brasil é um país rural está no fato de que, se não fosse o bom comportamento da agropecuária o Produto Interno Bruto (PIB) deste trimestre teria sido negativo. “O PIB industrial caiu, o dos serviços caiu, e o que segurou o crescimento positivo foi a agropecuária, com 2,6%. Nem assim, o setor merece atenção especial do Governo Lula”, afirmou.
Murilo disse que os produtores fizeram uma manifestação pacífica para pedir apoio ao governo, para ele ouça o setor. “Além das frustrações de safra que tiveram durante dois anos seguidos, os produtores estão reféns do câmbio. Hoje os custos de produção são maiores que o preço de venda dos produtos”, disse ele.
Murilo Zauith ressaltou que o câmbio é um dos maiores problemas. “O real, muito valorizado perante o dólar, faz com que os custos da produção de grãos sejam inviáveis, pois enquanto o produto é vendido na cotação do dólar do dia, o preço dos insumos, fertilizantes, herbicidas, fungicidas continuam sendo calculados pelas multinacionais do setor com o câmbio acima de R$ 3”, acrescentou.
Murilo encerrou parabenizando, além dos produtores rurais e sindicalistas, os prefeitos que apoiaram a manifestação, citando Luiz Brandão de Laguna Caarapã. Ele também conclamou o apoio da Câmara dos Deputados às reivindicações dos produtores. “Vamos trazer os produtores a Brasília, até que o Governo tenha sensibilidade para executar uma política agrícola, com a garantia de preços e seguro agrícola, itens importantes para não quebrar o setor, que não tem condições de fazer a próxima safra de verão”.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Passageiro de ônibus é preso com pacotes de cocaína amarrados nas pernas
TRÁFICO DE DROGAS
Passageiro de ônibus é preso com pacotes de cocaína amarrados nas pernas
Dourados se aproxima de 26 mil casos e soma mais duas mortes por Covid
PANDEMIA
Dourados se aproxima de 26 mil casos e soma mais duas mortes por Covid
Variante P1 já é predominante nos casos de coronavírus em MS
PANDEMIA
Variante P1 já é predominante nos casos de coronavírus em MS
Desconhecido estoura cadeado e fechadura para furtar restaurante em Dourados
POLÍCIA
Desconhecido estoura cadeado e fechadura para furtar restaurante em Dourados
Governo atende deputado Marçal e suspende cobrança do ICMS de bares e restaurantes
PANDEMIA
Governo atende deputado Marçal e suspende cobrança do ICMS de bares e restaurantes
NIOAQUE
Carga com 25 mil maços de cigarros contrabandeados é apreendida na BR-419
CLIMA
Previsão indica que estiagem pode acabar hoje em Dourados
EDUCAÇÃO
Unidades educacionais tem espaço ideal para divulgar serviços no caderno "Educação" do Dourados News
CONTRABANDO
Polícia apreende comboio com quase 7 mil pacotes de cigarros do Paraguai
POLÍCIA
Sem câmeras, prefeitura avalia instalação de equipamentos após invasão e furto

Mais Lidas

DOURADOS
Veículo usado para transportar corpo de colombiano passará por perícia
CRIME AMBIENTAL
Goiano preso com minhocas terá que pagar multa de quase meio milhão de reais
AMEAÇA DE EXTINÇÃO
Após passar por MS, homem é preso com mudas raras que seriam vendidas na Bolívia
DOURADOS
Funsaud oficializa saída de diretor médico da UPA após denúncia de escala sem plantonista