Menu
Busca segunda, 01 de março de 2021
(67) 99257-3397
BRASIL

MPT alerta para risco de fragilização e precarização do instituto da aprendizagem profissional

24 janeiro 2021 - 14h00Por Assessoria/MPT

Em nota pública divulgada durante a semana, o Ministério Público do Trabalho (MPT) alerta para os riscos de fragilização e de precarização do instituto da aprendizagem profissional no país, caso a minuta da proposta do Ministério da Economia que visa alterar regras para a contratação de aprendizes entre em vigor.

Entre as questões que preocupam o MPT, as alterações inseridas na minuta de portaria promovem uma redução quantitativa e qualitativa da carga horária teórica dos programas e cursos de aprendizagem profissional, reduzindo o seu caráter educativo e formativo e retirando diretrizes gerais e curriculares importantes.

Assinada pelas Coordenadorias Nacionais de Combate à Exploração do Trabalho da Criança e do Adolescente (Coordinfância) e da Promoção da Igualdade e Eliminação da Discriminação no Trabalho (Coordigualdade), do MPT, a nota defende ainda um debate mais ampliado e um maior diálogo sobre o assunto.

O documento destaca que “causa espanto a publicação e abertura de uma consulta pública no dia 29/12/2020, às vésperas da virada do ano, assim como o prazo exíguo de trinta dias para “comentários e sugestões do público em geral” já que a finalidade da medida, a rigor um instrumento de transparência e publicidade, tem justamente o propósito de possibilitar e estimular a participação da sociedade na discussão de tema tão relevante”.

Para as coordenadoras da Coordinfância e da Coordigualdade, é lamentável que no Ano Internacional para a Eliminação do Trabalho Infantil e num período de crise econômica acentuada gerada pela emergência sanitária, com risco de exponencial aumento do trabalho infantil, o Poder Executivo Federal, ao invés de instituir medidas e políticas que visem prevenir e erradicar o trabalho de crianças e adolescentes, combater a desigualdade social e a pobreza, estabeleça um conjunto de medidas que fragilizam e empobrecem a aprendizagem profissional, bem como restringem o seu acesso a públicos vulneráveis.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Balança comercial tem superávit de US$ 1,152 bilhões em fevereiro
ECONOMIA
Balança comercial tem superávit de US$ 1,152 bilhões em fevereiro
Motorista fica preso às ferragens após colisão entre carro e carreta
ITAPORÃ
Motorista fica preso às ferragens após colisão entre carro e carreta
Escolha o condomínio fechado para morar em Dourados
NEGÓCIOS IMOBILIÁRIOS
Escolha o condomínio fechado para morar em Dourados
Saúde inicia capacitação de coordenadores municipais de controle de vetores
MATO GROSSO DO SUL
Saúde inicia capacitação de coordenadores municipais de controle de vetores
Governo reabre programa de renegociação de dívidas com a União
BRASIL
Governo reabre programa de renegociação de dívidas com a União
ATENTADO CONTRA A VIDA
Polícia impede mulher de cometer suicídio em Guia Lopes da Laguna
SAÚDE & BEM-ESTAR
10 Motivos para treinar na Studio Moove Academia
DOURADOS
Após dois meses com interino, servidor federal é nomeado na Secretaria de Administração
BRASIL
Secretários pedem toque de recolher nacional e fechamento de praias, bares e escolas
DOURADOS
Campanha quer alcançar R$ 1 milhão em imposto de renda para instituições

Mais Lidas

ACIDENTE
Veículo pega fogo ao colidir em coqueiro entre Dourados e Itaporã
DOURADOS
Jovem colide moto e embriagado tenta fugir do hospital, mas é detido
PANDEMIA
Mais uma pessoa morre por covid em Dourados e casos confirmados se aproximam de 21 mil
DOURADOS
Homem é suspeito de incendiar carro de vizinho após ser mordido por cachorro