Menu
Busca sábado, 04 de abril de 2020
(67) 9860-3221

Mocidade Alegre é bicampeã do Carnaval de São Paulo

12 fevereiro 2013 - 17h47

A Mocidade Alegre, que desfilou na noite de sábado (9), é a grande campeã do Grupo Especial do Carnaval de São Paulo em 2013, com 268,9 pontos. A agremiação conquistou os jurados e o público com enredo sobre poder de sedução e tentação.

Ainda antes de se iniciar a leitura das notas, Marcelo Rehder, presidente da SPTuris cumprimentou todos os integrantes das escolas de samba pelos "belíssimos desfiles dos últimos dias". Também antes da apuração, a Águia de Ouro foi punida em 1,01 ponto porque estourou em um minuto o tempo máximo de 65 minutos para passagem pelo sambódromo do Anhembi. A escola foi a última a desfilar no primeiro dia das apresentações e seu presidente, Sidnei Carriuolo, deixou o Anhembi em lágrimas. Integrantes afirmaram que a tristeza era a lembrança do quase rebaixamento em 2012, pelo mesmo motivo deste ano, e as consequências que isto poderia trazer.

Este ano a apuração das notas apresentou algumas mudanças. Como já tradicional no Carnaval de São Paulo, a menor e a maior nota foram descartadas, mas desta vez, cada um dos nove quesitos foi analisado por cinco jurados, dois a mais que em 2012. As fantasias de mestre-sala e porta-bandeira foram avaliadas por julgadores do Mato Grosso do Sul e da Paraíba, não mais pelos responsáveis por analisar o quesito fantasia. O mesmo ocorreu com a fantasia da comissão de frente. Os 45 jurados puderam dar notas fracionadas em 0,1 e os quesitos foram lidos na seguinte ordem: comissão de frente, evolução, fantasia, bateria, alegoria, harmonia, samba-enredo, mestre-sala e porta-bandeira e enredo.

A maior mudança, porém, foi as arquibancadas vazias, já que a presença das torcidas não foi permitida, após a confusão promovida por integrantes e trocedores das agremiações em 2012. Para evitar que o tumulto se repitisse, a segurança foi reforçada, torcedores foram vetados e o número de representantes das escolas presentes na contagem foi limitado a 10 pessoas, previamente credenciados e usando pulseiras coloridas, segundo determinou a Liga Independente das Escolas de Samba de São Paulo.

Sem a presença do público, o evento permaneceu tranquilo durante todo o tempo, mas foi animado pelo responsável pela leitura das notas, que por cinco vezes se confundiu entre Acadêmicos do Tatuapé e Acadêmicos do Tucuruvi, a primeira e a última escola, respectivamente, que tiveram seus julgamentos anunciados, trocou Gaviões da Fiel por Dragões da Real, e ainda descartou décimos ao falar as notas de escolas como Mancha Verde e X-9 Paulistana.

Boa parte das escolas perdeu décimos significantes com as notas dos terceiros e quartos jurados de evolução. Como apenas uma das notas mais baixas é descartada, as agremiações tiveram que torcer por valores maiores para superar a diferença. Depois, o quesito bateria também foi rígico e tirou décimos de baterias consagradas, como da Rosas de Ouro, Vai-Vai, Mocidade Alegre e Gaviões da Fiel. Neste ponto, a Mocidade, que se mantinha e primeiro lugar foi para a terceira posição, sendo ultrapassada poe Rosas e Império de Casa Verde, na parcial. Aos poucos, a escola foi se recuperando, até chegar ao 1º lugar lugar.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
Homem agride gestante e é assassinado a pauladas em favela
CAMPO GRANDE
Imasul mantém fechado Parque das Nações e Unidades de Conservação Estaduais
PANDEMIA
Apenas Acre e Tocantins não registram mortes por Covid-19 no Brasil
NOVA ANDRADINA
Três homens são presos transportando drogas do MS para Belo Horizonte
PANDEMIA
Brasil ultrapassa marca de 10 mil casos de covid-19
NAVIRAÍ
Líderes religiosos se reúnem para pedir fé a população durante a pandemia
CAMPO GRANDE
PM realiza ações de prevenção ao COVID-19 com limpeza e desinfecção de pelotões
ECONOMIA
Programa para financiar salários de pequenas e médias empresas é criado e aguarda regulamentação
ÁGUA CLARA
Dois jovens são presos por infringir o toque de recolher em MS
CORUMBÁ
Operação de repatriação dos brasileiros vindos da Bolívia tem reforço de helicóptero em MS

Mais Lidas

DOURADOS
Exame de jovem que morreu no HU testa negativo para coronavírus
COVID-19
Dourados tem mais um caso confirmado de coronavírus
DOURADOS
Jovem morre no HU e município pede agilidade no resultado do exame de coronavírus
CORONAVÍRUS
Dourados registra mais dois casos de Covid-19 e MS tem 60 confirmações