Menu
Busca domingo, 17 de outubro de 2021
(67) 99257-3397
BRASIL

Ministros da Agricultura e Meio Ambiente confirmam ida ao Pantanal

30 setembro 2020 - 11h56Por Agência Brasil

Os ministros Ricardo Salles (Meio Ambiente) e Tereza Cristina (Agricultura) confirmaram presença na visita a Corumbá (MS) e Ladário (MS), no próximo sábado (3), organizada pela Comissão Temporária Externa do Senado para acompanhar as ações no Pantanal.

Na diligência, eles vão avaliar, juntamente com os parlamentares, a situação da população e das áreas incendiadas na região. A reunião terá também a presença de autoridades estaduais, municipais, representantes de organizações não governamentais (ONGs), especialistas, população afetada e membros da sociedade civil.

Os parlamentares aguardam ainda a confirmação da ida do vice-presidente da República, Hamilton Mourão, que comanda o Conselho Nacional da Amazônia Legal.

Somente este ano, o fogo já consumiu 2,916 milhões de hectares do bioma, sendo 1,742 milhão de hectares na área de Mato Grosso e 1,165 milhão de hectares no Pantanal sul-mato-grossense.

“Nós queremos criar uma legislação [Estatuto do Pantanal], não para mudar a legislação estadual – que já é boa –, mas para criar políticas de prevenção”, disse a senadora Simone Tebet (MDB-MS) hoje (30), durante reunião da comissão.

Ela também defende a destinação de recursos de financiamento a fundo perdido, para bancar uma melhor estrutura de brigada de incêndio e o apoio constante da Força Nacional e da Defesa Nacional, para, em parceria com a Segurança Pública de Mato Grosso do Sul, garantir a prevenção de novas queimadas descontroladas.

Requerimentos

Na primeira parte da reunião de hoje, o colegiado aprovou vários requerimentos.

Um deles convida o ministro do Meio Ambiente a prestar, em audiência pública, informações sobre as medidas adotadas pelo governo para contenção e prevenção das queimadas no Pantanal. Ricardo Salles também deve falar sobre como adequar legislação de proteção da fauna e da flora da região.

Outro requerimento aprovado é para audiência pública com a participação do procurador-geral da República, Augusto Aras, juntamente com procuradores do estado de Mato Grosso e de Mato Grosso do Sul.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Pfizer entrega mais 1,3 milhão de doses de vacina ao Brasil
IMUNIZAÇÃO
Pfizer entrega mais 1,3 milhão de doses de vacina ao Brasil
PMA prende e autua dois pescadores em R$ 2,6 mil
DOURADOS
PMA prende e autua dois pescadores em R$ 2,6 mil
Crescem reclamações sobre cobranças indevidas de crédito consignado
BRASIL
Crescem reclamações sobre cobranças indevidas de crédito consignado
Rede municipal de ensino retoma aulas 100% presenciais na segunda-feira
DOURADOS
Rede municipal de ensino retoma aulas 100% presenciais na segunda-feira
Estado finaliza entrega de 5,6 mil cestas de alimentos às comunidades quilombolas
MS
Estado finaliza entrega de 5,6 mil cestas de alimentos às comunidades quilombolas
LOTERIAS
Aposta única leva prêmio de R$ 11,5 milhões da Mega-Sena
MS
Som da Concha deste domingo terá o Soul e Jazz de Otávio e o sertanejo de Rodrigo Nogueira
TST
Transferências sucessivas ao longo do contrato garantem a bancário recebimento de adicional
DOURADOS
Em 2020, temporais destruidores ocorreram em outubro e novembro
MS
Festival Universitário da Canção revela novos talentos da música e paga até R$ 8 mil

Mais Lidas

CLIMA
ASSUSTADOR: Vídeo mostra chegada da tempestade de poeira em Dourados
DOURADOS
Asfalto de avenida cede na região Norte e trânsito é interrompido
CLIMA
Alan decreta situação de emergência após temporal que deixou rastro de destruição em Dourados
CLIMA
Ventos de 40 km/h causam estragos em Dourados