Menu
Busca sexta, 23 de outubro de 2020
(67) 99659-5905
BRASIL

Ministro Ricardo Barros passa mal e é levado para hospital

09 novembro 2017 - 11h34Por Agência Brasil

O ministro da saúde Ricardo Barros teve um pico de pressão hoje (9) e está em observação no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. Ele participava de um seminário no auditório do Hospital Alemão Oswaldo Cruz, também na capital paulista, quando se sentiu mal e foi atendido no próprio hospital.

Ele passou por exame clínico e realizou um eletrocardiograma, que apresentou resultados dentro da normalidade.

Segundo a assessoria de imprensa do Ministério da Saúde, ele foi atendido seguindo o protocolo pós-operatório, pois na semana passada o ministro passou por cirurgias de cateterismo e angioplastia.

A transferência foi feita para o Sírio-Libanês para acompanhamento da equipe médica responsável pela cirurgia. Ele está em observação e não há informação sobre a alta.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRANSPORTE
Agepan autoriza novos horários para a linha Três Lagoas-Campo Grande
PRAZO
Pedidos de isenção da taxa dos vestibulares da UFGD terminam hoje
JARDIM
PMA apreende seis filhotes de periquitos encontrados dentro de baldo
SAÚDE & BEM - ESTAR
Unimed Dourados lança um aplicativo para os médicos cooperados
RESTITUIÇÃO
Receita Federal abre consulta ao lote residual do IR nesta sexta-feira
BRASILÂNDIA
Polícia apreende caminhão com seis toneladas de maconha na MS-040
TEMPO
Sexta-feira de sol com aumento de nebulosidade em Dourados
NEGÓCIOS & CIA II
Principais Benefícios da Energia Solar!
NOVA ANDRADINA
Dono de auto elétrica é encontrado morto no interior de oficina
ECONOMIA
Bolsonaro sanciona projeto de lei que cria poupança social digital

Mais Lidas

DOURADOS
Carona de motociclista que morreu em acidente com carreta corre risco de ter perna amputada
DOURADOS
Vítima de acidente na Marcelino Pires morre na mesa de cirurgia
FEMINICÍDIO
Agredida a tijoladas, mulher morre em Dourados após nove dias de internação
POLÍCIA
Carona de motociclista que morreu em acidente é transferida para o Hospital Universitário