Menu
Busca domingo, 29 de novembro de 2020
(67) 99659-5905
STJ

Ministro Humberto Martins presta homenagem ao jurista Paulo Bonavides

31 outubro 2020 - 20h00Por Assessoria/STJ

O presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro Humberto Martins, expressou em um texto sua admiração pela obra e pela pessoa do jurista Paulo Bonavides, falecido na sexta-feira (30), aos 95 anos.

Paulo Bonavides, em suas andanças pelo Brasil, levando sua firme mensagem de constitucionalista, passou por Alagoas. Ocupando então a Presidência daquela Seccional da OAB, convidei e recebi o excelso Professor. Sua palestra na sede da OAB era, em suas candentes palavras, em seus gestos, em seu tom de voz, antes de tudo, uma palestra sobre a fé. A fé na Constituição, a fé no Direito como instrumento civilizatório de convivência, a fé na vida. Sua vida é esse testemunho de fé. Jovem nordestino, saiu de sua Paraíba, de sua cidade natal, Patos, à busca de conhecimentos. Migrou a Fortaleza, onde começou seus estudos jurídicos; depois em Harvard; no Rio, na antiga Faculdade Nacional; na Alemanha, onde encontrou o nascimento de um direito constitucional novo por inteiro, o constitucionalismo do pós-guerra.

Mais uma vez, ocupando então o cargo de Desembargador do Tribunal de Justiça, recebi, para meu gáudio e proveito, aquele Cavaleiro do Constitucionalismo. Sua palestra conservava a mesma vitalidade, o mesmo entusiasmo; no conteúdo, a erudição e o futuro configuravam partes comunicantes da realidade.

Professor Paulo Bonavides foi contemplado com vida longeva. Descansa hoje aos 95 anos de sua vida. Deixa um legado de quem combateu o bom combate, de quem deixou obras, de sua voz nas aulas da Faculdade de Direito da Universidade Federal do Ceará, nas aulas de Professor convidado em universidades alemãs, em inúmeras palestras em inúmeros locais, em seguidos livros, alguns deles adotados, por décadas, em todos os cursos jurídicos brasileiros; e, sobretudo, no exemplo de pessoa que vive plenamente a vida.

Escolheu Yeda, que sempre o acompanhava, para ser sua mulher, em vidas que andam juntas, união que se desdobrou em sete filhos, netos e bisnetos. Relembrando aquela noite, relembrando aquele casal, que já vivia então o terno crepúsculo da vida, vem-me a imagem da atenção recíproca, quando cuidavam de, no jantar, um colocar vinho na taça do outro.

Professor Paulo Bonavides junta-se hoje ao Panteão dos Juristas Nordestinos: Teixeira de Freitas, Clóvis Beviláqua, Pontes de Miranda.

Assim, na condição de Presidente do Superior Tribunal de Justiça, expresso as homenagens a quem, com sua cultura participativa, atuou em um momento histórico do Brasil no qual nossas instituições eram delineadas, e colaborou na parte melhor dessa arquitetura institucional, premissa de nosso desenvolvimento.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
Oficinas comunitárias para revisão do Plano Diretor foram canceladas
ELEIÇÕES 2020
TSE anuncia que 364 mil eleitores justificaram ausência via e-Título
Ministério da Justiça contabiliza 145 ocorrências e 18 prisões
BRASIL
Ministério da Justiça contabiliza 145 ocorrências e 18 prisões
ELEIÇÕES 2020
TSE diz que 194 urnas foram substituídas
Bolsonaro vota em escola na Zona Oeste do Rio
ELEIÇÕES 2020
Bolsonaro vota em escola na Zona Oeste do Rio
CAPACITAÇÃO
Secretaria de Estado de Saúde realiza 4° Meeting Nacional de Farmácia Clínica
NOVA ANDRADINA
Detento foge de presídio enquanto pintava muro
ELEIÇÕES 2020
Candidatos votam no Rio; juiz negocia fim de paralisação de ônibus
PANDEMIA
Mulher morre e Dourados chega a 119 óbitos por Covid-19 e 9.913 casos confirmados
ELEIÇÕES 2020
TSE mantém protocolos sanitários no segundo turno

Mais Lidas

DOURADOS
Com leitos de UTI's lotados, prefeitura aumenta toque de recolher e manda fechar clubes
DOURADOS
Primeira noite com novo toque de recolher tem flagrante de festa com 119 adolescentes
DOURADOS
Decreto é republicado por incorreção, agora com brechas para esporte coletivo e boliche
DOURADOS
Homem é preso com arma após ex-namorada correr até viatura da PM e denunciar ameaça