Menu
Busca terça, 27 de outubro de 2020
(67) 99659-5905
EDUCAÇÃO

Ministro assina portaria que reajusta em 6,81% piso salarial dos professores

28 dezembro 2017 - 12h55

O ministro da Educação, Mendonça Filho, assinou nesta quinta-feira, 28, portaria com aumento de 6,81% para o piso salarial dos professores para 2018. O índice, anunciado pelo Ministério da Educação, é 4,01% acima da inflação prevista para este ano, que é de 2,8%, de acordo com o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (IPCA), divulgado na última semana pelo Banco Central (BC).

Com isso, o piso nacional do magistério tem um ganho real de 3,90% e um salário de R$ 2.455,35, para jornada de 40 horas semanais.

“Esse é o segundo ano consecutivo que o piso é reajustado com valor real acima da inflação. O que é muito bom para os professores”, afirmou Mendonça Filho. Nos últimos dois anos, os professores tiveram um ganho real de 5,22%, o que corresponde a R$ 124,96.

O reajuste anunciado segue os termos do art. 5º da Lei nº 11.738, de 16 de julho de 2008, que estabelece a atualização anual do piso nacional do magistério, sempre a partir de janeiro. “Isso é importante, pois estamos cumprindo a lei que determina esse reajuste”, finalizou Mendonça Filho.  

Na última semana, o MEC realizou uma reunião com os membros do Fórum Permanente de Acompanhamento da Atualização Progressiva do Valor do Piso Salarial para Profissionais do Magistério Público da Educação Básica. Na ocasião, foi aberto diálogo com representantes da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed) – que representam os estados – e pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE).

Critério 

O critério adotado para o reajuste, desde 2009, tem como referência o índice de crescimento do valor mínimo por aluno ao ano do Fundeb, que toma como base o último valor mínimo nacional por aluno (vigente no exercício que finda) em relação ao penúltimo exercício. No caso do reajuste deste ano, é considerado o crescimento do valor mínimo do Fundeb de 2016 em relação a 2015.

Deixe seu Comentário

Leia Também

JUSTIÇA
Universidade que descumpriu parcelamento deve indenizar estudante
ITAMARACÁ
Mãe procura filha que está desaparecida desde a última sexta-feira
DROGA
Nelsinho Trad vai à Rússia com carta de Bolsonaro pela liberdade de brasileiro
MEIO AMBIENTE
Fazendeiro é multado em R$ 7,2 mil por desmatamento ilegal de vegetação
NÚMEROS DA PANDEMIA
Brasil se aproxima de 158 mil mortes por Covid, com média de 442 por dia
PROVA
Segunda etapa do Concurso da Magistratura começa no próximo sábado
UEMS
Publicada 3ª Edição do Auxílio para Acesso Emergencial à Internet
BALANÇO
DOF apreende quase 3 toneladas de drogas, cigarros e armas na fronteira
ECONOMIA
Ministério diz que não prevê pagar 13º do Bolsa Família neste ano
CAPITAL
Soldado da FAB de 22 anos morre após colisão entre moto e carro

Mais Lidas

GRANDE DOURADOS
Cobertura de barracão de cerealista ‘voa’ com o vento; veja vídeo
DOURADOS
Guarda encerra festa organizada por adolescente em plena pandemia, apreende droga e até arma artesanal
DOURADOS
Délia decreta emergência por causa de danos provocados pela tempestade
TEMPESTADE
Chuva e ventos de 46km/h derrubam árvores e levam sujeira às ruas de Dourados