Menu
Busca segunda, 19 de outubro de 2020
(67) 99659-5905
BRASIL

Mais de 52 mil empresas devem integrar o MEI no ano que vem

27 dezembro 2017 - 19h10Por Portal Brasil

A Receita Federal estima que cerca de 30% das empresas aptas a integrarem a modalidade de Microempreendedor Individual (MEI) farão a migração em 2018. A partir do dia 1º de janeiro, entram em vigor as novas regras do MEI, entre elas o aumento do limite do faturamento anual, que passará dos atuais R$ 60 mil para R$ 81 mil.

Segundo a Receita, com o novo limite, 172 mil empresas que integram outras modalidades estarão aptas a integrar o MEI, mas apenas 52 mil devem de fato migrar para a modalidade. Os microempreendedores individuais são enquadrados no Simples Nacional e ficam isentos dos tributos federais (Imposto de Renda, PIS, Cofins, IPI e CSLL).

A modalidade, no entanto, também impõe restrições. Além do limite de faturamento, o microempreendedor não pode participar como sócio, administrador ou titular em outra empresa; não pode contratar mais de um empregado e deve exercer alguma das atividades previstas para a modalidade. A partir de 2018, serão incluídas 13 ocupações e excluídas três: personal trainer, arquivista de documentos e contador/técnico contábil.

A entrada de novas empresas na modalidade, no entanto, acarretará também em uma queda na arrecadação, devido às concessões de incentivos fiscais. A Receita Federal estima uma renúncia de R$ 150 milhões por ano.

Mesmo com a queda na arrecadação, a expectativa é que as mudanças estimulem a economia do País. Elas fazem parte do programa anunciado pelo governo no ano passado, Crescer sem Medo.

Microempreendedores

Atualmente, de acordo com dados do Portal do Empreendedor, o Brasil tem 7,7 milhões de MEI. De acordo com dados divulgados este mês pela Serasa Experian, de 1,9 milhão de novas empresas instaladas no País entre janeiro e outubro deste ano, 1,5 milhão é de microempreendimentos individuais, o equivalente a 78,6% do total.

De acordo com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), os micro e pequenos empreendimentos representam 27% do Produto Interno Bruto (soma dos bens e serviços produzidos no País) e são responsáveis por cerca de 52% dos empregos formais no Brasil.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TECNOLOGIA
Aplicativo MS Digital agora dá acesso a versão online do cartão SUS
RIO BRILHANTE
Ciclista na contramão é atropelado por carro e motorista foge
IMUNIZAÇÂO
Bolsonaro diz que vacina contra Covid não será obrigatória
NOVA ANDRADINA
Grupo que furtou moto de pátio do Detran é identificado pela polícia
NÚMEROS DA PANDEMIA
Brasil ultrapassa 154 mil mortes por Covid, com média móvel de 502 por dia
CAPITAL
Morto por advogado em acidente, Luciano estava na PM havia 6 anos
CONDENADO
'Cadeia imediatamente', diz Damares ao ser questionada sobre Robinho
FRONTEIRA
Homem de 45 anos morre em incêndio que destruiu casa de madeira
OPORTUNIDADE
MPE/MS abre inscrições para Concurso Público de Estagiários
RIBAS DO RIO PARDO
Homem morre 8 dias após ser 'pisoteado por égua' em fazenda

Mais Lidas

IDENTIFICADO
Vítima encontrada sem vida em bairro de Dourados tinha 17 anos
ACIDENTE
Criança de 3 anos se afoga em piscina de clube e socorristas tentam reanimação
DOURADOS
Homem é encontrado morto em frente residência no Parque das Nações I
CAMPO GRANDE
Mulher fica ferida após panela de pressão explodir em loja