Menu
Busca terça, 31 de março de 2020
(67) 9860-3221

Mais da metade dos países estão despreparados para combater o câncer

04 fevereiro 2013 - 13h47

Segundo OMS, nações não têm plano de controle, que inclui detecção precoce, tratamento e cuidados; Dia Mundial do Câncer é nesta segunda-feira.

Mais da metade dos países em todo o mundo estão lutando para prevenir o câncer e fornecer tratamento para os pacientes, alerta a Organização Mundial da Saúde, OMS. Segundo a agência, falta nessas nações um plano de controle, que inclui prevenção, detecção precoce, tratamento e cuidados.

No Dia Mundial do Câncer, nesta segunda-feira, a OMS destaca ser urgente ajudar a reduzir as mortes por câncer e fornecer tratamento adequado de longo prazo.

Mortes

O câncer é uma das principais causas de morte no mundo: foram 7,6 milhões de vidas perdidas pela doença em 2008. Todos os anos, são registrados quase 13 milhões de novos casos. A OMS afirma que dois terços dos casos e das mortes ocorrem em países em desenvolvimento.

A agência lembra que o tabaco, a obesidade, o uso exagerado de bebidas alcóolicas e as infecções aumentam os riscos de morte para pacientes com câncer. Mas se detectados cedo, casos de câncer de mama, do reto ou cervical podem ser curados com sucesso.

Mitos

Apenas 17% dos países africanos e 27% dos países de baixa renda têm planos de controle e dinheiro suficiente para prevenir a doença. Neste ano, a campanha do Dia Mundial do Câncer foca em melhorar os conhecimentos e acabar com os mitos sobre a doença.

De Washington, o consultor de Comunicação da Organização Pan-Americana da Saúde, Opas, Ary Silva, falou à Rádio ONU sobre o tema. "O tema deste ano é 'Câncer: Você Sabia?', que pretende mostrar para as pessoas que é realmente um problema muito sério, que as pessoas têm de estar sempre pensando nas formas mais básicas de evitar e também a qualquer sintoma, procurar um médico.

Os mitos geralmente dizem que o câncer só dá em ricos ou em países desenvolvidos.

Hoje em dia a gente já sabe que é uma epidemia global, que afeta todos os grupos de idade e socioeconômicos. Mas por outro lado, é possível prevenir até 30% desses casos com as estratégias adequadas."

Mulheres

Segundo a OMS, menos de 50% dos países tem registros sobre o câncer. O cadastro é crucial para obter informações de alta qualidade sobre o total de casos e tipos de câncer, para que políticas nacionais eficazes possam ser implementadas.

Entre terça e quinta-feira, a Opas realiza na capital americana, Washington, a primeira reunião da Iniciativa do Câncer na Mulher.

No encontro, será debatida a prevenção e controle do câncer cervical, de útero e de mama nos países do continente americano.(Leda Letra / da Rádio ONU em Nova York)

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRÊS LAGOAS
Homem é preso ao tentar furtar 1,4 quilo de picanha de mercado
SAÚDE
Mariano, da dupla com Munhoz, é diagnosticado com o novo coronavírus
CORONAVÍRUS
OAB nacional adia publicação dos próximos editais de exame de ordem
POLÍTICA
Governo vai cruzar dados para o pagamento do auxílio de R$ 600
UEMS
Universidade da Melhor Idade suspende aulas por tempo indeterminado
LIVE
Governo de MS amplia benefício a carentes e orienta sobre cuidados em casa
VIOLAÇÃO DE REGRAS
Facebook e Instagram apagam vídeo que mostra passeio de Bolsonaro
CARACOL
Homem tenta matar esposa e esfaqueia homem que a protegia
PROTESTO
Cidades brasileiras registram panelaço contra Bolsonaro pelo 14º dia seguido
REGIÃO
Judiciário de MS destina mais de R$ 570 mil no combate à COVID-19

Mais Lidas

FRONTEIRA
Acidente na MS-164 em Ponta Porã leva pai e filho a óbito
DOURADOS
Homem entra em veículo e anuncia assalto com arma de brinquedo; vídeo
DOURADOS
Homem leva surra de populares e é detido por furtar dois veículos em Dourados
NOTA PREMIADA
Lista de ganhadores já está disponível para consulta