Menu
Busca terça, 26 de maio de 2020
(67) 99659-5905
JUSTIÇA

Liminar que permitiria fazer o Revalida 2017 sem diploma é suspensa

22 setembro 2017 - 07h19

A liminar que permitia aos inscritos no Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos Expedidos por Instituições de Educação Superiores Estrangeiras (Revalida) fazer a prova mesmo sem ter o diploma de medicina foi suspensa. A decisão foi do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1), garantindo a exigência do diploma prevista no edital. A liminar havia sido proferida em ação civil pública ajuizada pela Defensoria Pública da União.

Segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), caso fosse aplicada, a decisão implicaria em um prejuízo de cerca de R$ 4,5 milhões aos cofres públicos para a homologação das inscrições de todos os participantes do Revalida que não apresentaram o diploma.

Para a Advocacia-Geral da União (AGU), além do prejuízo financeiro, a medida representaria um expressivo impacto nos processos de planejamento, elaboração, aplicação e gestão do exame. No recurso, a AGU destacou também o fato de a liminar ter sido proferida faltando apenas cinco dias para a realização da prova, marcada para o próximo domingo (24).

Com a decisão do TRF1, o Revalida será aplicado para os participantes que cumpriram as exigências do edital: ser brasileiro (a) ou estrangeiro em situação legal de residência no Brasil e ter diploma médico expedido por instituição de ensino superior estrangeira, reconhecida no país de origem pelo seu ministério da Educação ou órgão equivalente, e autenticado pela autoridade consular brasileira.

A edição de 2017 do Revalida tem 7.453 inscritos, 3.842 deles brasileiros. Médicos de 56 nacionalidades diferentes farão a prova. O exame reconhece os diplomas de médicos que se formaram no exterior e querem atuar no Brasil, e é direcionado tanto aos estrangeiros formados em medicina fora do Brasil como aos brasileiros que se graduaram em outro país e querem exercer a profissão em sua terra natal.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRÊS LAGOAS
Empresária paulista perde R$ 50 mil ao negociar compra de sucata
ECONOMIA
Governo Federal libera mais R$ 28,7 bilhões para auxílio emergencial
TRÁFICO
PRF apreende 254 quilos de maconha e prende batedores na fronteira
SUPREMO
Celso de Mello envia à PGR requerimento contra Carla Zambelli
PONTA PORÃ
Motorista não explica procedência de R$ 68 mil e acaba na Polícia Federal
ARTISTA
Pagamento da 1ª parcela do edital “MS Cultura Presente” está disponível
POLÍTICA
Governo vai disponibilizar lista de quem recebeu auxílio emergencial
JUSTIÇA
Após 26 dias presa, mulher que matou marido a facadas ganha liberdade
BANDEIRA TARIFÁRIA
Conta de luz não terá cobrança extra até o fim do ano, informa Aneel
BR-262
Veículo furtado na Bahia é recuperado durante barreira sanitária

Mais Lidas

DOURADOS
Prefeitura estende toque de recolher em 2h em Dourados
PANDEMIA
Dourados tem mais de 150 casos de Covid-19 e secretário diz ser assustadora a crescente na região
PANDEMIA
Dois meses após decreto de emergência, Dourados confirmou 127 casos de Covid-19
PANDEMIA
Número de pacientes internados por coronavírus em Dourados sobe 50% em 24h