segunda, 22 de julho de 2024
Dourados
30ºC
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397
TRAGÉDIA

Justiça suspende divulgação e estreia de filme sobre a Chapecoense

18 outubro 2017 - 11h34Por G 1

O juiz Marcos Bigolin, da 3ª Vara Cível de Chapecó, no Oeste catarinense, concedeu nesta terça-feira, dia 17 de outuvbro, uma liminar a favor da Chapecoense para suspender a divulgação e estreia do documentário "O Milagre de Chapecó".

A decisão pede a suspensão da divulgação do trailer, inclusive na internet, em 48 horas e suspende a estreia do filme por tempo indeterminado. A decisão cabe recurso.

A Chapecoense alegou quebra de contrato para entrar com o pedido na Justiça. Na decisão emitida, o juiz afirma que o clube contratou a empresa para realizar um documentário da evolução do clube, passando também pelo acidente aéreo de 29 de novembro do ano passado, que deixou 71 mortos.

Segundo a Chape, o trailer do documentário foi exibido em salas de cinema e divulgado sem o consentimento do clube. O assunto também incomodou familiares das vítimas do acidente, que pensam em ações na Justiça.

Segundo a decisão, caso a determinação não seja cumprida em 48 horas após a intimação, a produtora pode ter que pagar multa que pode variar de R$ 50 mil a R$ 500 mil. Não há data prevista para que a produtora Trailer Ltda, que está localizada em Montevidéu, no Uruguai, seja intimada por carta rogatória.
Familiares também querem que filme não seja exibido

No início da tarde de terça (17), a Afav-c (Associação dos Familiares das Vítimas do Voo da Chapecoense) havia informado que tinha a intenção de entrar com uma ação na Justiça para que o filme não fosse exibido, pois muitas famílias não foram informadas sobre a produção.

“Como saiu a liminar, vamos aguardar as providências que estão sendo tomadas pelo clube. Após, o jurídico estuda efeitos que possam ter sido causados em alguma família para ver se cabe uma ação indenizatória e contra quem. Mas nesse momento, a decisão traz serenidade e paz para as famílias”, afirmou nesta quarta (18) o advogado da Afav-c, Josmeyr Oliveira.

Já a Abravic (Associação Brasileira das Vítimas do Acidente com a Chapecoense) informou na terça que aguardaria o resultado do processo judicial da Chapecoense para ver quais medidas tomaria.
Desconhecimento

Conforme a assessoria de imprensa da Afav-c, no 12 de outubro, Dia das Crianças, a viúva de uma das vítimas do voo da Chapecoense foi ao cinema com os filhos em Chapecó para ver um filme infantil. Lá, foram surpreendidos pelo trailer do documentário "O Milagre de Chapecó". A família deixou a sala de cinema chorando e, segundo a assessoria da Afav-c, foi assim que a associação soube da produção.

A Abravic, por meio do vice-presidente Fabiano Porto, disse que soube do documentário por meio de um grupo de WhatsApp.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Dez voos semanais ligarão Paris e Rio de Janeiro
CONECTIVIDADE

Dez voos semanais ligarão Paris e Rio de Janeiro

AGROPECUÁRIA

Proposta determina ressarcimento a produtor rural em caso de perdas decorrentes da falta de luz

Mapa descarta casos suspeitos de doença de Newcastle na zona de proteção estabelecida no RS
DEFESA AGROPECUÁRIA

Mapa descarta casos suspeitos de doença de Newcastle na zona de proteção estabelecida no RS

Aberto prazo para transferência temporária de local de votação
JUSTIÇA

Aberto prazo para transferência temporária de local de votação

BRASIL

CAE vai avaliar integração de programas de acesso à internet

BRASIL

Concurso BNDES publica edital com 900 vagas e salário de R$ 20,9 mil

OPORTUNIDADE

IFMS abre vagas na graduação para portadores de diploma, reingressos e transferências

BRASIL

Ministros defendem universalização do acesso à água e saneamento

DOURADOS

Expo-Flor começa na próxima semana na Praça Antônio João

ASSASSINATO

Justiça decreta prisão preventiva de mulher que matou o filho em Campo Grande

Mais Lidas

VIOLÊNCIA

Para não divulgar fotos, padrasto obriga jovem a fazer sexo com ele

LOTERIA

Prêmio principal acumula e aposta de MS leva mais de R$ 58 mil na Mega-Sena

LOTERIA

Duas apostas de Dourados faturam mais de R$ 43 mil após Mega acumular mais uma vez

TURISMO

Descubra o Brasil pelos trilhos: roteiros ferroviários para as férias de julho