Menu
Busca sexta, 26 de fevereiro de 2021
(67) 99257-3397

Índia de Dourados vai representar Brasil na ONU

13 abril 2004 - 15h35

A professora indígena douradense Teodora de Souza vai representar o Brasil no Fórum Mundial de Mulheres Indígenas promovido pela Organização das Nações Unidas (ONU), e que acontece em maio, na cidade de Nova Iorque, nos Estados Unidos. Teodora foi indicada pela ONU devido aos projetos que vêm sendo desenvolvidos na Reserva Indígena de Dourados, considerada a capital Guarani, já que mais de 11 mil índios residem nas Aldeias Jaguapirú e Bororó.Para Teodora o convite é recebido com boas perspectivas. “Até então Dourados, especificamente, não havia sido contemplada para fazer essas discussões. Agora, pela primeira vez, vamos estar participando e acredito que nossa cidade ganhará muito com a participação nesse Fórum Mundial”, afirmou Teodora.Ela conta ainda que “na verdade, durante minha fala, quero colocar a situação das mulheres indígenas brasileiras, quais seus projetos para as comunidades indígenas brasileiras entre outras propostas”. Falando sobre o prêmio Mulher Cidadã Marta Guarani, criado pela Câmara de Vereadores, após proposta da vereadora Margarida Gaigher, Teodora disse achar esse tipo de premiação importante para as mulheres, mas ressalta que “devemos lembrar que existem muitos homens que também merecem esse prêmio. Existem muitas mulheres e muitos homens de luta que a história não conta, principalmente a relacionada a homens e mulheres indígenas”. Para ela, o trabalho desenvolvido pela vereadora “é uma ação muito importante e vem reconhecer todo o trabalho de mulheres de luta”.Falando também sobre a importância na participação no Fórum Mundial, Teodora diz que é fundamental mostrar como é a situação da comunidade indígena da Reserva de Dourados. Temos que mostrar os projetos que são desenvolvidos aqui dentro e as necessidades que a comunidade ainda têm. “Os programas sociais implantados pela prefeitura foram fundamentais para a indicação de um nome de Dourados para participar desse Fórum em Nova Iorque. A redução do número de suicídios e a crescente melhora da qualidade de vida dos índios douradenses são a maior prova disso”, diz Teodora.Preocupada com a continuidade desse desenvolvimento, a professora lembra que “é importante que os governos Federal, Estadual e Municipal tenham projetos de políticas públicas para as comunidades indígenas”, relembrando que por algum tempo Dourados foi conhecida pelos suicídios e outras questões negativas que eram, na verdade, sua realidade. “Só que na gestão popular Dourados passou a ser um cenário mundial pelos projetos que vêm sendo desenvolvidos e a comunidade indígena também está dentro desse contexto”, acrescentando ainda que “de imediato tem que se investir mesmo na Educação, na Saúde e em projetos que vão levar o indígena a conquista de sua autonomia e auto-sustentabilidade”.Teodora também disse acreditar que a auto-estima da Reserva de Dourados realmente mudou para melhor, porque “anteriormente ela não tinha participação ativa em discussões e debates como está tendo atualmente e isso, é claro, tem sido importantíssimo para recuperar, resgatar a auto-estima de toda a comunidade”.Finalizando, a professora afirma: “Nossa participação no Fórum Mundial, em Nova Iorque, é mais uma esperança que possamos nos organizar e alocar recursos internacionais, também, que ajudem a comunidade crescer ainda mais”.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

Adolescente que teve 90% do corpo queimado por chapa morre em hospital
ECONOMIA
Aneel mantém bandeira amarela na tarifa de energia elétrica em março
Douradense é multado em R$ 55 mil por desmatamento de vegetação nativa
MEIO AMBIENTE
Douradense é multado em R$ 55 mil por desmatamento de vegetação nativa
Senadora Soraya indica emendas no valor de quase R$ 1 bilhão ao Agro
POLÍTICA
Senadora Soraya indica emendas no valor de quase R$ 1 bilhão ao Agro
Garoto de 14 anos morre ao ser lançado de carro durante capotagem
TJ/MS
Selo Justiça pela Paz em Casa começa a ser entregue nas comarcas
CRIME AMBIENTAL
Com imagem de satélite, PMA autua produtor de Dourados em R$ 55 mil
BRASIL
Governo adia novamente prazo de adoção da nova carteira de identidade
FRONTEIRA
Antes de ser executado, homem foi sequestrado e torturado
COVID-19
Distrito Federal decreta lockdown total a partir do próximo domingo

Mais Lidas

POLÍCIA
Identificada vítima fatal de acidente entre carretas
DOURADOS 
Operação desarticula quadrilha especializada em furtos de máquinas agrícolas
PARAGUAI
Quadrilha é presa com 1,4 tonelada de cocaína e até avião na fazenda de Pavão
PERIMETRAL NORTE
Carro é destruído pelo fogo após acidente em Dourados; veja o vídeo